Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Em Curitiba

Badi Assad improvisa no Festival de Jazz&Blues

Redação Bonde com assessoria de imprensa
19 jun 2012 às 14:53
- Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O "I Festival de Jazz & Blues – No Improviso" que há dois meses vem movimentando Curitiba, dá sequência a sua programação, a partir do próximo dia 25 de junho, no Teatro Bom Jesus (R: 24 de maio, 135) com uma audição de vinil e mostra fotográfica, aberta ao público, que traz registros de grandes referências dos nomes que participam do evento, como o bluesman Flávio Guimarães, Ari Borges, entre outros. A grande atração da terceira edição é a cantora, compositora e violonista Badi Assad, conhecida internacionalmente por experimentações sonoras com voz e corpo, que fará duas apresentações e vai ministrar um workshop, de 29 de junho a 01 de julho.

No dia 29 de junho, Badi abre a série de apresentações com uma jam session com o curitibano Murillo da Rós, às 20h30. Já no dia 30 de junho, a musicista paulistana apresenta seu show baseado no DVD "Badi Assad" (2010), referente aos primeiros 20 anos de carreira - grande parte desse tempo fora do Brasil - e no seu primeiro CD autoral, "Amores e Outras Manias Crônicas", com lançamento previsto para setembro deste ano, a partir das 20h30, no Teatro Bom Jesus. Para encerrar, no dia 01 de julho, ela ministra um workshop sobre as formas diferentes de ouvir e viver a música, a partir das 16h. As oficinas têm como objetivo estimular a pesquisa, a percepção musical e o intercâmbio de ideias entre os artistas e o público.
Com dez álbuns lançados pelo mundo e muitos deles premiados (Wonderland, de 2006, considerado pela BBC de Londres um dos 100 melhores álbuns do ano e o 27º destaque do ranking da Amazon.com), Badi já foi eleita uma das melhores violonistas do planeta pela revista americana Guitar Player. Trabalhou com artistas como Bob McFerrin, Yo-Yo-Ma, Sarah McLaughlin, Seu Jorge, Elba Ramalho, Naná Vasconcelos e Toquinho, entre tantos outros. Apresentou-se em vários festivais internacionais e teve sua música "Waves" na trilha musical do filme "It runs in the family". Os 20 anos de carreira foram comemorados em 2010 com o lançamento do seu DVD intitulado Badi Assad, pela Biscoito Fino.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O "I Festival de Jazz & Blues – No Improviso" que estreou em abril com a participação do bluesman Flávio Guimarães, contou com a participação internacional da Luther College Orchestra e o pianista e organista Ari Borger, receberá até outubro os músicos Nuno Mindelis, Igor Prado e Celso Blues Boy em sua programação mensal. Além dos shows, o festival contempla apresentações improvisadas no formato de jam sessions dos convidados com outros artistas.

Leia mais:

Imagem de destaque
"Perspectivas e Arte"

Exposição na Biblioteca Pública de Londrina destaca trabalho de artistas regionais

Imagem de destaque
Festa junina gótica

Barbearia promove a primeira edição da Festa JOYnina neste sábado em Londrina

Imagem de destaque
Country e folk em Londrina

Bandas londrinenses Farol Negro e Os Céticos apresentam repertório autoral nesta sexta

Imagem de destaque
Saiba mais

Londrina sedia fórum sobre sustentabilidade em julho


Realizado com incentivo fiscal, por meio da Lei Rouanet, o I Festival de Jazz & Blues – No Improviso tem o apoio do Hospital Pequeno Príncipe, que também sediará shows em suas instalações.

Publicidade


Os ingressos para a jam session, show e workshop de Badi Assad já estão à venda e os valores variam de R$5,00 (meia-entrada) a R$50,00 (inteira, pacote para os três dias). A meia-entrada é válida para estudantes, professores, doadores de sangue e portadores de necessidades especiais (PNE). Pessoas acima de 60 anos têm entrada gratuita. Os bilhetes podem ser adquiridos nas Livrarias Curitiba (Boca Maldita, R: XV de Novembro, Rebouças e nos shoppings: Mueller, Curitiba, Estação Palladium, Park Shopping Barigui e São José), Alô Ingressos (www.aloingressos.com.br), na bilheteria do Teatro Bom Jesus (de 25 a 28 de junho, das 17h às 21hs, 29 de junho, das 15h às 21hs, 30 de junho, das 17h às 21hs,e no dia 01 de julho, das 15h às 16h) e fanpage do Festival, no endereço: https://www.facebook.com/jazzeblues .


Badi criou um estilo peculiar com sua voz e violão. Irmã dos reconhecidos violinistas do Duo Assad, queria seguir os passos dos irmãos. Aprendeu piano primeiro e só chegou ao violão aos 14 anos. Um ano depois, já dominava o instrumento e subia aos palcos participando e ganhando concursos nacionais e internacionais. Foi sua capacidade de inovar com as experimentações vocais e com o violão que a tornou reconhecida e que abriu as portas para o cenário mundial da música.

Publicidade


Nos palcos, a cantora e violinista Badi Assad revela-se uma das artistas mais completas e virtuoses do momento. Com o encanto de uma diva, ela canta, toca violão, dança e transforma seu próprio corpo numa percussão – tudo ao mesmo tempo!


Uma frase que define Assad é: "Nunca se viu uma violinista cantar tão bem, assim como nunca se viu uma cantora tocar um violão tão bem...".

Publicidade


Com dez álbuns lançados pelo mundo (o mais recente é Wonderland, de 2006, considerado pela BBC de Londres um dos 100 melhores álbuns do ano e o 27º destaque do ranking da Amazon.com), Badi também já foi eleita (no mesmo ano em que Ben Harper) uma das melhores violonistas do planeta pela revista americana Guitar Player.


Badi já trabalhou com artistas como Bob McFerrin, Yo-Yo-Ma, David Broza, Sarah McLaughlin, Seu Jorge, Elba Ramalho, Naná Vasconcelos e Toquinho entre tantos outros. Já se apresentou em alguns dos mais prestigiados festivais internacionais como "Montreal Jazz Festival"/Canadá, "North Sea Jazz Festival"/Holanda e teatros como "L’Opera de Paris", "Metropolitan Museum"/New York, Palais de Beaux- Art"/Bruxellas, "The Greek Theater"/ Los Angeles, "Sala São Paulo" e "Teatro Municipal do Rio de Janeiro"... Além disso Badi representou o Brasil nos aclamados "FarmAid" e "Lilith Fair"/EUA e teve sua música "Waves" na trilha musical do filme com Michael Douglas "It runs in the family".


Para comemorar seus primeiros 20 anos de carreira, Badi lançou, em 2010, um DVD comemorativo intitulado ‘Badi Assad’, trazendo as 15 músicas mais representativas de sua trajetória musical. No mesmo ano foi a protagonista de uma ópera contemporânea ‘ópera das pedras’, dirigido por Denise Milan e o Norte-Americano Lee Breuer (Mabou Mines).

WORKSHOP DE BADI ASSAD
No workshop que acontece no dia 01 de julho, com duração de 60 minutos, Badi Assad compartilhará seus aprendizados obtidos direta ou indiretamente, de artistas que influenciaram sua carreira, dividirá as formas diferentes de se ouvir e viver a música. Seu objetivo neste workshop é de ampliar o horizonte musical dos participantes, experimentando os sons presentes em tudo incessantemente sempre de forma muito lúdica e acessível. Badi também propõe formas alternativas para a leitura musical e compartilha também as novas ideias de como misturar estilos e de como manter a mente aberta para infinitas possibilidades musicais.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade