Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade

Ministério da Cultura investe na produção de documentários

Francelino França - Folha de Londrina
11 ago 2001 às 13:08
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Documentaristas brasileiros têm uma oportunidade para colocar em prática seus projetos. O Ministério da Cultura (Secretaria do Audiovisual e Fundação Cultural Palmares) lança o concurso de apoio à realização de projetos audiovisuais de documentários inéditos. Serão contemplados 13 projetos, com prêmio de R$ 80 mil cada um para a feitura de documentários de 52 minutos.

Uma Comissão Especial selecionará os 13 projetos. A novidade é a seleção de três propostas sobre a cultura afro-brasileira. A arte, a história e a experiência contemporânea do povo negro são alguns dos tópicos que podem ser abordados dentro desse tema. Também podem ser abordados o patrimônio histórico artístico e cultural do País (como suas cidades históricas), a música popular e erudita, artes cênicas (teatro, dança, ópera e circo), festas regionais, cultura indígena e literatura brasileira.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


Os interessados em desenvolver projetos sobre a cultura afro-brasileira podem enviar suas propostas diretamente à Fundação Cultural Palmares (Diretoria de Estudos Pesquisas e Projetos (Setor bancário norte, QD 02 - 1.º subsolo - Edifício Central Brasília, CEP 70.040-904, Brasília, DF). Os demais devem ser enviados ao Minc (Esplanada dos Ministérios. Bloco B. 3º Andar. CEP 70068-900. Brasília - DF). As inscrições estão abertas até o dia 21 de setembro.

Leia mais:

Imagem de destaque

Show de Ludmilla no Coachella tem anúncio de Beyoncé e beijo em Brunna Gonçalves

Imagem de destaque
Começa na Califórnia

Shakira anuncia turnê para novembro em participação surpresa no Coachella

Imagem de destaque
Para vários gostos

Sábado com Luan Pereira, Fernando & Sorocaba e Malifoo na ExpoLondrina

Imagem de destaque
Segunda celebração do ano

Terreiro Asé Oyá Funjó celebra festa de Ogum e Oxóssi em Londrina

Além do tema cultura afro-brasileira, o concurso contemplará três cineastas estreantes. A seleção dos projetos será feita em três etapas: na primeira serão classificados 40 projetos, na segunda, 30 projetos e, na etapa final, os 13 que receberão prêmio em dinheiro. O Minc vai assinar um contrato com a TV Cultura e Arte para a exibição dos documentários que forem realizados com os recursos adquiridos com o concurso.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade