Pesquisar

Canais

Serviços

Objetivo

Após tropeços, volante do Botafogo ainda sonha com G4

Agência Estado
08 out 2012 às 16:36
Publicidade
Publicidade

A distância de 10 pontos entre o Botafogo e o G4 não preocupam o jovem Gabriel. Apesar dos últimos tropeços do time, o volante confia na classificação para a próxima Copa Libertadores.

"Minha vida no futebol foi muito difícil até chegar aqui. Esses dez pontos são pouco perto do que passei. Enquanto tivermos chances matemáticas, vamos lutar. Representamos uma nação, então esses dez pontos não podem ser uma barreira tão grande", afirmou o jogador de apenas 20 anos.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


Há cinco jogos sem vencer no Brasileirão, o Botafogo estacionou na tabela e ainda viu os rivais crescerem nas últimas rodadas. Com 40 pontos, o time está a 10 do Vasco, última equipe dentro do G4. Somente uma sequência de vitórias e uma combinação de resultados, com tropeços dos adversários, levarão o Botafogo à zona de classificação da Libertadores nas próximas rodadas.

Leia mais:

Imagem de destaque
Chiangrai United

Ex-Corinthians foi roupeiro e árbitro até virar técnico

Imagem de destaque
Série A

Piquerez cita top 3 laterais do Brasileiro e vê liga como mais equilibrada

Imagem de destaque
Enzo

Santos deve contar com jovem atacante boliviano em estreia da série B

Imagem de destaque
Lembra dele?

Jeito de Neymar, reverenciado por Maradona: morte de Dener completa 30 anos

As dificuldades, porém, não desanimam Gabriel. Estreantes entre os profissionais, o jovem volante sonha com a vaga na competição internacional para coroar seu ano de conquistas. "Esse ano foi o ano em que cheguei no profissional. É a realização de um sonho. Mas o ano para mim ainda não acabou. Consegui coisas muito importantes na minha vida, me firmar no time profissional, mas ainda quero mais que isso", projetou o volante.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade