Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Decisão

Campeão paranaense é decidido hoje na Arena da Baixada

Redação Folha de Londrina
17 abr 2005 às 16:27
Continua depois da publicidade

Hoje o torcedor paranaense vai conhecer quem é a melhor equipe do Estado. Atlético e Coritiba fazem a segunda partida da final, desta vez na Kyocera Arena, às 15h50. E, com o placar de 1 a 0 construído no jogo anterior, o Alviverde leva vantagem para conquistar o tricampeonato estadual.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Com o gol de Rafinha na semana passada, o Coritiba passou a depender de um empate ou, é claro, da vitória para erguer a taça pela terceira vez nos últimos três anos. Ao Atlético a única opção que interessa é um triunfo sobre o rival, de preferência por dois gols de diferença. Caso faça apenas um, o Rubro-Negro leva o duelo para a prorrogação de 30 minutos sem o ''gol de ouro''. Se o resultado do tempo normal persistir, a decisão vai para os pênaltis.

Continua depois da publicidade


Apesar da derrota para o rival na semana passada e pela queda do técnico Casemiro Mior, o Atlético vem com forças renovadas após a vitória sobre o América de Cali, por 2 a 1, na noite de quinta-feira. Além de ficar mais perto da classificação para a segunda fase da Libertadores da América, o Rubro-Negro também estreou bem o novo treinador, Edinho.


O técnico não deve realizar mudanças drásticas no Atlético, a exemplo de uma possível alteração de esquema do 3-5-2 para o 4-4-2, como havia cogitado antes da partida de quinta-feira. A tendência é de que basicamente o mesmo time do meio da semana esteja em campo hoje. A exceção pode ser o atacante Maciel, que, desde o início da temporada, ainda não tem condições de atuar uma partida inteira mas pode ganhar a posição de Dênis Marques no setor ofensivo, ao lado de Aloísio.


Outra mudança prevista é o retorno de Etto à ala-direita. O jogador não tem inscrição na Libertadores e ficou de fora do jogo de quinta para a entrada de Jancarlos. O volante Cocito deve começar no banco de reservas mais uma vez e tem grandes chances de entrar no decorrer da partida. Já o zagueiro Baloy está confirmado na defesa, com Danilo e Marcão.

Continua depois da publicidade


Pelo lado do Alviverde, o técnico Antônio Lopes surpreendeu ao não alterar o time desde os primeiros trabalhos da semana. A única modificação foi o retorno de Rubens Júnior, que cumpriu suspensão automática, no lugar de Ricardinho, na lateral esquerda.


A expectativa era com relação ao retorno de Flávio, que também estava suspenso, assim como Reginaldo Vital. O zagueiro voltaria para a defesa, ao lado de Miranda, e Reginaldo Nascimento poderia então atuar novamente como volante, no lugar de Márcio Egídio. Porém, Lopes preferiu deixar a equipe como está, com Nascimento na retaguarda.


A maior alteração com relação à última partida, além da entrada de Rubens Júnior, foi a troca de Marquinhos por Jackson como armador no meio-de-campo, nos últimos coletivos. Marquinhos vem sentindo dores musculares e essa mudança pode ocorrer também durante o jogo. Márcio Egídio e Luís Carlos Capixaba, mais recuado, serão os responsáveis por proteger o setor, para liberar Rodrigo Batata e Marquinhos na armação.


Na frente, Marciano faz dupla com Nunes ou Negreiros, que vem melhorando o desempenho nos treinos coletivos e pode ganhar nova chance.


EM CURITIBA


Atlético
Diego; Danilo, Baloy e Marcão; Etto, Alan Bahia, Fabrício, Fernandinho e Marín; Aloísio e Dênis Marques (Maciel). Técnico: Edinho


Coritiba


Fernando; Rafinha, Reginaldo Nascimento, Miranda e Rubens Júnior; Márcio Egídio, Luís Carlos Capixaba, Rodrigo Batata e Marquinhos; Nunes e Marciano. Técnico: Antônio Lopes


Árbitro: Henrique França Triches

Estádio: Kyocera Arena
Horário: 15h50


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade