Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Será?

Neymar, Tite e Alisson são citados como concorrentes a prêmios de melhores do ano

Agência Estado
04 jul 2018 às 07:22
- Reprodução/Fifa
Publicidade
Publicidade

Ronaldo Fenômeno acredita que 2018 pode acabar com dez anos de reinado de Messi e Cristiano Ronaldo como melhores do mundo. Ao apresentar o troféu do prêmio da Fifa, em Moscou, o brasileiro insistiu que a Copa do Mundo pode ser decisiva para a disputa deste ano. Ao comentar os possíveis candidatos, o evento da entidade viu os nomes de Neymar, Tite e Alisson serem amplamente mencionados.

Ronaldo Fenômeno, Kaká e Carlos Alberto Parreira serão membros de um grupo de ex-jogadores e treinadores que escolherá os melhores do mundo em 2018. A Fifa anunciou nesta quarta-feira que o prêmio será anunciado no dia 24 de setembro, em Londres.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Uma primeira lista preliminar será elaborada pelos três brasileiros, além de Fabio Capello, Frank Lampard e outros cinco craques. Eles escolherão dez jogadores que, então, disputarão o título de melhor do mundo. A votação começará no dia 23 de julho, uma semana depois da Copa do Mundo conhecer seu vencedor.

Leia mais:

Imagem de destaque
Elefantes brancos da Copa 2014

Estádios se reinventam e ganham vida 10 anos após a Copa de 2014

Imagem de destaque
Escalado

Dudu, do Palmeiras, comemora retorno ao Allianz Parque

Imagem de destaque
Com oito meses de atraso

Pacaembu já tem gramado sintético e pode voltar a receber público neste mês

Imagem de destaque
Saiba mais

Danilo conta quem é seu modelo de capitão para exercer função na seleção


"A Copa pode ser determinante para a escolha do prêmio", disse Ronaldo. "Ocorreu comigo em 2002. Não joguei muito na temporada, mas cheguei para a Copa excelente e no final do ano ganhei o prêmio. Quem se destacar tem grandes chances de vencer", afirmou.

Publicidade


Para o brasileiro, 2018 pode ser o fim do reinado de Messi e Cristiano Ronaldo, que já foram eliminados do Mundial. "Apesar de os dois terem feito temporada espetacular e das conquistas de Cristiano Ronaldo, ainda acho que o jogador que se destacar na fase final da Copa tem chance de ganhar", disse. "O reinado pode acabar se tivermos um destaque. uma equipe campeã com um grande destaque", explicou.


"Neymar vem melhorando muito na Copa", apontou Ronaldo. "Ele teve uma evolução muito boa. Está chegando em momento decisivo e seu desempenho é cada vez melhor. Neymar pode tirar o reinado de Cristiano Ronaldo e Messi", insistiu.

Publicidade


TITE - Lothar Matthäus, ex-jogador alemão, ainda citou Tite como o grande candidato para vencer o troféu de melhor treinador do mundo. "Ele achou uma boa mistura entre disciplina europeia e a magia do Brasil. A raiz continua. Mas ele joga pelos resultados", disse.


O alemão destacou ainda o desempenho defensivo do Brasil de Tite. "O Brasil não é mais só uma seleção que pensa em fazer gols, mas também em não levar. Dessa forma, acredito que Tite é o melhor do ano", disse o ex-jogador.


Ronaldo também concordou com a avaliação. "Tite foi meu treinador no último ano meu no futebol (no Corinthians). Eu já estava consumido por dores. Mas ele é um excelente treinador, um gestor de grupo. Suas ideias renovadas estão inspirando o mundo todo", disse. "Temos uma seleção ofensiva, organizada defensivamente, sofrendo poucas ocasiões de gol e equilibrada. Talvez, estejamos dando menos valor do que ele merece no Brasil. Mas ele já é um dos melhores do mundo. Ele transmite tranquilidade", completou.

Já o ex-goleiro mexicano Jorge Campos colocou Alisson como um dos concorrentes para receber o prêmio de melhor goleiro do mundo, também por seu desempenho na Copa. "Ele levou apenas um gol em todo o torneio", disse.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade