Pesquisar

Canais

Serviços

Brasileirão 2012

Santos ganha do Vasco na Vila e ajuda rival São Paulo

Agência Estado
14 out 2012 às 18:13
Publicidade
Publicidade

O Santos deu neste domingo uma grande ajuda ao rival São Paulo. A vitória santista sobre o Vasco, por 2 a 0, na Vila Belmiro, pela 30ª rodada, foi decisiva para a entrada são-paulina no G4, o grupo dos quatro melhores do Brasileirão. Além disso, os dois gols marcados pelo atacante argentino Miralles afastaram a ameaça de rebaixamento que ainda rondava o time do técnico Muricy Ramalho.

Mesmo sem contar com o astro Neymar, que está com a seleção brasileira na Europa, o Santos somou a sua segunda vitória seguida e chegou aos 41 pontos. O Vasco, por sua vez, sentiu muito a ausência do seu principal jogador, Juninho Pernambucano, vetado por problemas físicos. Assim, o time carioca ficou estacionado nos 50 pontos e caiu para o quinto lugar do campeonato, sendo ultrapassado pelo São Paulo, que foi a 52 após vencer o Figueirense no Morumbi.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Precisando da vitória para poder se manter no G4, o Vasco começou o jogo na Vila Belmiro tentando pressionar. Mas não teve muito sucesso e ainda abriu espaço para o contra-ataque santista. Assim, surgiu o primeiro gol: Bill deu um excelente passe e encontrou Miralles, que apareceu sozinho diante do goleiro Fernando Prass e tocou com tranquilidade para fazer 1 a 0 para o Santos logo aos oito minutos.

Leia mais:

Imagem de destaque
Reflexão

Seleção: Danilo pede conscientização após casos de Daniel Alves e Robinho

Imagem de destaque
Agora?

Defesa de Robinho teme extorsão e maus-tratos no presídio

Imagem de destaque
João Gomes

Manchester United está disposto a pagar R$ 216 milhões por volante da seleção, diz jornal

Imagem de destaque
Em Santos

Robinho passa por audiência de custódia e chega em presídio de famosos em Tremembé


O Vasco tentou reagir aos 13 minutos, quando Eder Luis chegou a marcar o gol, mas o lance foi anulado pela arbitragem, que apontou impedimento. Depois disso, as melhores chances foram do Santos, quase sempre com o lateral Bruno Peres. Em dois chutes de longe, aos 15 e aos 22, ele assustou Fernando Prass. O time carioca voltou a ameaçar aos 31, em jogada de Alecsandro que quase provocou o empate.


No segundo tempo, o Santos ampliou logo no minuto inicial. E a jogada foi praticamente uma repetição do primeiro gol. Dessa vez, porém, o belo passe veio de Felipe Anderson, encontrando Miralles livre para tocar na saída de Fernando Prass e marcar mais um. A desvantagem no placar esfriou o ímpeto vascaíno, deixando os donos da casa até com uma certa tranquilidade para administrar a vitória.

Após o golpe sofrido pelo segundo gol logo na volta do intervalo, o Vasco conseguiu reagir só aos 12 minutos, quando Eder Luis teve ótima chance, mas Rafael defendeu. Depois disso, o time carioca ganhou ânimo e passou a pressionar mais. Mesmo assim, sentiu falta da liderança de Juninho Pernambucano dentro de campo e não teve forças sequer para ameaçar a vitória santista na Vila Belmiro.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade