Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação
Polêmica

STJD confirma público em Flamengo x Grêmio pela Copa do Brasil

14 set 2021 às 10:18
Continua depois da publicidade

O presidente do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), Otavio Noronha, informou nesta segunda (13) que ainda não há data para analisar o pedido de suspensão de uma liminar favorável ao Flamengo, que permite ter público presente no confronto com o Grêmio, nesta quarta-feira (15), pela Copa do Brasil, no Maracanã, e em outros dois jogos. Noronha confirma a presença de torcida no duelo.

Continua depois da publicidade


Continua depois da publicidade

O time rubro-negro obteve autorização da entidade para fazer três partidas com torcida no estádio depois de apresentar uma proposta à Prefeitura do Rio do Janeiro, que liberou os eventos como teste para o retorno dos torcedores.


A iniciativa do Flamengo vai contra vontade da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e dos outros 19 clubes da Série A do Campeonato Brasileiro (Atlético-MG e Cuiabá, no entanto, não assinaram a ação). Em conjunto, os times querem a volta das torcidas somente quando houver igualdade de condições, ou seja, com o aval das autoridades sanitárias para todas as sedes.

Continua depois da publicidade


Após a liberação obtida pelo Flamengo, as agremiações entraram com uma ação para suspender a liminar ou, ao menos, para antecipar o julgamento da ação movida pelo time carioca, marcado para o dia 23. Otavio Noronha, no entanto, pontuou que ainda não há data para analisar o pedido para cassar a autorização do Flamengo.


"Existe uma liminar em vigor e a decisão é para ser cumprida. Não cabe descumprimento", afirmou.


O presidente do Grêmio criticou a decisão. "Com o julgamento antecipado e publicizado pelo presidente (do STJD), melhor seria anular as instâncias coletivas dos clubes dentro dos conselhos técnicos, pois nada mais valem. Tudo muito estranho."


O mandante já iniciou a venda de ingressos. Além da partida com os gaúchos pelo mata-mata nacional, o clube poderá ter público em outro confronto com os gremistas, desta vez pelo Brasileiro, e na partida com o Barcelona de Guayaquil (EQU) pela Libertadores.


A prefeitura do Rio divulgou na terça (7) a liberação do público somente para as partidas em questão e disse que a capacidade no Maracanã será, respectivamente, 24.783 torcedores, cerca de 35% dos lugares, 28.324 pessoas, em torno de 40% do estádio, e 35.045 torcedores, aproximadamente 50% da capacidade.


A secretaria municipal de Saúde se compromete em acompanhar quem for à partida por 15 dias.

Continue lendo