Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Racismo

Zagueiro argentino chora na cadeia

Redação - Folha News
15 abr 2005 às 09:33
Continua depois da publicidade

O argentino Leandro Desábato, do Quilmes, acusado de racismo contra o brasileiro Grafite, do São Paulo, chorou diversas vezes durante a madrugada desta sexta-feira (15), a segunda que passa na cadeia, segundo informou a polícia.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Desábato foi detido na madrugada de ontem pelo delegado Osvaldo Nico Gonçalves, do Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos), nos vestiários do Morumbi, após jogo entre seu time, o Quilmes, e o São Paulo, pela Libertadores O São Paulo venceu por 3 a 1.

Continua depois da publicidade


O jogador foi enquadrado por crime de injúria qualificada com agravante de racismo, que tem pena prevista de um a três anos de reclusão pode ser convertida em pena alternativa.


O zagueiro deve sair da prisão ainda nesta sexta-feira, quando será paga uma fiança de R$ 10 mil, valor determinado pela Justiça. Ele só não foi libertado na quinta-feira porque seus advogados não conseguiram pagar a tempo o valor. A previsão é que Desábato seja liberado por volta das 14 horas.

Porém, a libertação não é total. Desábato pode voltar ao hotel, mas ainda não poderá voltar para a Argentina. Ele terá que aguardar uma autorização especial, que será emitida por outro juiz.


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade