Pesquisar

Canais

Serviços

- Alê Cabral/CPB
Mais uma!

João Victor Teixeira é bronze no lançamento de disco e fatura 2ª medalha em Tóquio

03 set 2021 às 09:51
Continua depois da publicidade
João Victor Teixeira assegurou sua segunda medalha de bronze nas Paralimpíadas de Tóquio ao ficar na terceira colocação na disputa do lançamento de disco da classe F37 (atletas andantes com paralisia cerebral).


Em sua quinta tentativa, Teixeira fez 51,86 metros para faturar o bronze. O ouro ficou com Haider Ali, com 55,26m, sendo a primeira medalha dourada do Paquistão na história do evento. Já o ucraniano Mykola Zhabnyak levou a prata, com 52,43m.


O brasileiro falhou em seu primeiro lançamento. Na sequência, fez 46,94m. E melhorou sua marca nas duas tentativas seguintes, com 48,24m e 48,22m.


No quinto lançamento, Teixeira quebrou a barreira dos 50 metros, fez 51,86m e assegurou um lugar no pódio. Sua última tentativa foi com 49,37m.


Na última semana, faturou o bronze no arremesso de peso da classe F37 após arremessar 14.45 metros.


O carioca, de 27 anos, havia participado das duas provas nos Jogos do Rio, mas tinha ficado fora do pódio em ambas, sendo quinto colocado no lançamento de disco e sétimo no arremesso de peso. Porém, se destacou no Mundial de 2019, sendo campeão no lançamento de disco e bronze no arremesso de peso.


A medalha de Teixeira foi a terceira do Brasil no lançamento de disco nesta edição das Paralimpíadas. Wallace Santos foi campeão na classe F55 (cadeirantes) e Alessandro Gigante foi prata na F11 (para deficientes visuais).

Continue lendo