Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Olimpíada de Londres

Indonésia suspende dupla do badminton por 'corpo mole'

Agência Estado
05 set 2012 às 13:31
Continua depois da publicidade

As duas jogadoras da Indonésia que foram acusadas de fazer "corpo mole" na primeira fase da chave feminina de duplas do badminton da Olimpíada de Londres, com o objetivo de caírem em uma chave mais favorável na fase seguinte da competição, foram suspensas por quatro meses, nesta quarta-feira, pela associação nacional que comanda a modalidade no país.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Acusadas de não se esforçarem como deveriam nas partidas que definiram as chaves do estágio posterior da competição, Greysia Polii e Meiliana Jauhari foram desqualificadas dos Jogos Olímpicos de 2012 ao lado das duplas sul-coreanas Jung Kyung Eun/Kim Ha Na e Ha Jung Eun/Kim Min Jung e das chinesas Wang Xiaoli e Yu Yang, campeãs mundiais, também envolvidas neste episódio negativo do torneio olímpico.

Continua depois da publicidade


Yacob Rusdianto, secretário-geral da PBSI, entidade que controla o badminton da Indonésia, anunciou que a mesma suspensão de quatro meses foi imposta ao técnico Paulus Firman. Assim como sua dupla de pupilas, ele não poderá participar como treinador de competições nacionais e internacionais até 3 de dezembro.


Ao confirmar a suspensão, o dirigente destacou que "as punições devem ser impostas porque eles (o técnico e as atletas) violaram as condições do jogo limpo". Ele ainda enfatizou que a simples "desqualificação da Olimpíada já era uma punição pesada para Polii e Jauhari".

Continua depois da publicidade


No mês passado, as quatro jogadores sul-coreanas acusadas de fazer "corpo mole" na Olimpíada foram suspensas por seis meses. A decisão, porém, acabou sendo até boa para as atletas, pois anteriormente o Comitê Disciplinar da Associação Sul-Coreana de Badminton pediu por uma suspensão de dois anos de competições nacionais e internacionais.

Já os dois treinadores das duplas sul-coreanas foram proibidos de trabalhar para a seleção de badminton do país por quatro anos, sendo que o Comitê Disciplinar propôs a expulsão dos técnicos da entidade.


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade