Pesquisar

Canais

Serviços

- Pixabay
Queridinho

Conheça os principais métodos de preparo de café

Redação Bonde com assessoria de imprensa
07 jul 2021 às 16:59
Continua depois da publicidade

Com a chegada da estação mais fria do ano, nossos hábitos do dia a dia passam por algumas mudanças. Além de adotar roupas e calçados mais reforçados, as bebidas quentes são grandes aliadas no desafio de aquecer o corpo durante o inverno. O café, que já é o queridinho do brasileiro, se torna ainda mais apreciado nesta época do ano. Segundo dados da Abic (Associação Brasileira da Indústria de Café), entre o outono e o inverno, o consumo de café aumenta cerca de 30% no país.

Continua depois da publicidade


O popular cafezinho possui muitas formas de ser consumido. O expresso e o coado, embora sejam os métodos mais tradicionais, não são as únicas formas de extrair a bebida. A Prensa Francesa, o Aeropress e o método V60 são outras formas de preparo que valorizam ainda mais o sabor do grão. Confira:

Continua depois da publicidade


Prensa Francesa


A Prensa Francesa ou French Press, é um método muito conhecido em todo o mundo. Nela, a extração do café funciona como um sistema de imersão, o café passa por um filtro de malha de metal que fica na ponta de seu êmbolo, o que separa o pó no fundo do recipiente. Diferente do filtro tradicional, que geralmente absorve os óleos naturais e essenciais do grão, nesse tipo de extração a bebida carrega todas essas características que resultam em uma xícara saborosa e aromática.

Continua depois da publicidade


Aeropress


Aeropress é um método muito versátil, nele é possível trabalhar extrações com tempo de infusão ou extração contínua, através da pressão do ar. Nesse método, o café fica imerso na água quente e é extraído por pressão manual, fazendo o líquido passar pelo filtro que fica na base. O resultado é um café com características de intensidade próximas a um expresso, mas com características mais naturais do grão.


Método Clever Dripper


Clever Dripper é um método híbrido de extração e recente no mercado. Seu formato é semelhante ao de um coador de papel, mas seu funcionamento é diferente. Nesse método, é possível controlar o tempo de infusão do café através do seu sistema Shutt off, uma válvula que libera o café quando o filtro é apoiado sobre a xícara. Dessa forma, é possível experimentar diferentes sabores do café de acordo com o tempo em que ele fica imerso.


Método V60


V60 é um método que trabalha com extração à base da gravidade e é considerado uma evolução do coador tradicional. Seu diferencial está nos vincos e relevos que existem na parede do coador, que impede a aderência total do filtro de papel e garante um fluxo de extração contínuo, resultando em uma bebida suave e com menor amargor.


Método Chemex

O Chemex é um método de filtragem que ocorre em um frasco de vidro, junto com um filtro de papel com parede tripla, desenvolvido para absorver melhor os óleos essenciais do grão. Dessa forma a bebida extraída é mais leve e limpa, podendo resultar em notas gustativas mais delicadas.


Continue lendo