Pesquisar

Canais

Serviços

- Ricardo Chicarelli/Equipe Folha
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Paranaense 2015

Na base da superação, Londrina elimina o Maringá nas penalidades

André Bueno - Redação Bonde
09 abr 2015 às 00:19
Continua depois da publicidade

O Londrina está nas semifinais do Campeonato Paranaense 2015. Na base da superação e da raça, o Londrina venceu o Maringá no tempo regulamentar pelo placar de 2 a 1, na noite desta quarta-feira (9), no estádio Willie Davids, e, com o resultado, a vaga para a fase seguinte foi decidida nas penalidades já que no jogo de ida o time maringaense triunfou pelo mesmo marcador. Nas cobranças alternadas, o Tubarão 'mordeu' a Zebra por 4 a 3.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Com a classificação, o Londrina terá pela frente o Coritiba. A primeira partida acontecerá no Café enquanto o jogo de volta será no Couto Pereira. A Federação Paranaense de Futebol (FPF) deverá homologar as datas e horários do embate nos próximos dias. Além disso, com o resultado, o Londrina garantiu uma vaga na Copa do Brasil de 2016.

Continua depois da publicidade


Ricardo Chicarelli/Equipe Folha
Ricardo Chicarelli/Equipe Folha


O JOGO:
Após o revés em casa, no último domingo (5), por 2 a 1, o Londrina entrou em campo com um esquema ofensivo com três atacantes – Paulinho, Arthur e Neílson. Entretanto, nos cinco minutos iniciais, o Maringá pressionou o Tubarão e abriu o placar. Após a cobrança de falta, a arbitragem anotou impedimento e revoltou os jogadores maringaenses.


Ricardo Chicarelli/Equipe Folha
Ricardo Chicarelli/Equipe Folha


No lance seguinte, Rone Dias cobrou falta e a bola passou por todos os jogadores e Sílvio tentou o desviou atrapalhando o goleiro Tadeu que não conseguiu fazer a defesa e a bola morreu dentro do gol da Zebra.


Após o gol do Londrina, a partida ficou nervosa e houve muitas faltas e reclamações. Aos 22 minutos, Allan Vieira foi expulso de campo depois de levar o segundo cartão amarelo. Aos 25, um bate boca dentro da área de Vítor após o Maringá pedir pênalti resultou no cartão amarelo para Sílvio.

Continua depois da publicidade


Com a expulsão de Allan Vieira, Cláudio Tencati mudou o Londrina e tirou Neílson e entrou Lino. Mesmo com um a mais, o Maringá não conseguiu mostrar sua superioridade numérica e esbarrou nas defesas do goleiro Vítor. Aos 41, após cruzamento, a bola sobrou para Gerônimo e chutou forte e o camisa 1 alviceleste salvou o Tubarão.


No segundo tempo, Claudemir Sturion mudou o Maringá e tirou Serginho Paulista e colocou Max. E, logo aos seis minutos, a Zebra conseguiu o empate. Depois da igualdade, Bruno Renan entrou no lugar de Marcelo Xavier. Aos 16 e aos 17, o time da casa perdeu duas oportunidades inacreditáveis com Rodrigo Dantas e Max.


Aos 18, o Londrina mudou e entrou Wevérton no lugar de Rone Dias. No minuto seguinte, Paulinho desperdiçou a chance de balançar as redes e isolou após chute dentro da área. Quatro minutos mais tarde, o Londrina balançou as redes. Arthur fez lançamento para Diogo Roque que conseguiu vencer o marcador e desviou a bola que morreu no fundo do gol de Tadeu.


Aos 32, Germano fez falta dura em Eurico que precisou de atendimento médico. O jogador precisou ser levado para um hospital e, com isso, o time de Maringá ficou com dez em campo. Aos 34, Edinho perdeu outra chance de colocar o Maringá na frente. Aos 39, Fabiano recebeu o segundo amarelo e também foi expulso e, com isso, o Londrina permaneceu em campo com 10 enquanto o Maringá terminou com 9.


Com o término do embate, a partida foi decidida nas penalidades.


PÊNALTIS:
Germano bateu o primeiro pênalti e Tadeu fez a defesa. Na sequência, Edinho balançou as redes. Arthur chutou e converteu. Rafael Santiago também cobrou bem e marcou. Sílvio chutou bem e fez para o Londrina. Danilo Rios desperdiçou para o time da casa.


Dirceu cobrou bem e marcou para o Tubarão e Rodrigo Dantas também balançou as redes. Na cobrança final, Léo Maringá fez para o Londrina enquanto Max cobrou e a bola bateu na trave e decretou a classificação do Londrina.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade