24/11/20
PUBLICIDADE
Síndrome do Túnel do Carpo

Conheça a doença que levou Ana Maria Braga à sala de cirurgia

Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram


Tudo começa com aquela dorzinha incômoda no punho. À primeira vista parece não ser nada mais grave, mas logo aparecem também dormência, formigamento e perda de força. E o que parecia ser algo simples, pode se tornar um problemão, que pode inclusive deixar a pessoa inválida. O diagnóstico? Síndrome do Túnel do Carpo.


A apresentadora Ana Maria Braga viveu na pele o problema que acomete milhares de brasileiros. Diante do diagnóstico confirmado, teve de passar por uma cirurgia para a correção do problema. "É uma condição que, em muitos casos, pode tornar a pessoa extremamente dependente para realizar atividades simples do dia a dia, como cortar um legume, por exemplo”, cita o ortopedista e cirurgião da mão Paulo Marcel Yoshii, da Clínica Ortovita, de Londrina.

A DOENÇA

A Síndrome do Túnel do Carpo é uma neuropatia causada pela compressão do nervo mediano no canal do carpo, estrutura anatômica que dá sensibilidade para os dedos das mãos.

O túnel do carpo é uma estrutura formada por pequenos ossos situados no punho, e diâmetro aproximado de um dedo polegar. Por ele, passam os nove tendões que dão movimentos aos dedos e o nervo mediano. "Uma alteração mínima que seja dentro do túnel do carpo pode resultar na compressão do nervo mediano, que caracteriza a síndrome”, explica o médico.

Ela é o terror de quem usa as mãos em atividades repetitivas para o trabalho. Professores, bancários e digitadores que o digam. Todos os anos, são registrados cerca de 150 mil casos no Brasil, segundo dados da SBCM (Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão).

O especialista em cirurgia das mãos acrescenta que, na maioria das vezes, a compressão do nervo mediano se dá por inflamação e inchaço das estruturas no interior do túnel do carpo.

CAUSAS

As causas da síndrome geralmente estão relacionadas a LER (lesão por esforço repetitivo), consequência de movimentos repetitivos, muitas vezes sem descanso, como digitação ou até mesmo manusear um instrumento musical.

No entanto, segundo Yoshii, outras causas traumáticas, como quedas e fraturas, também podem acarretar na compressão do nervo mediano e ocasionar a síndrome. "O aumento do tecido sinovial que ocorre em algumas doenças, entre elas a artrite reumatóide, também pode comprimir esse nervo”, aponta. "Podemos acrescentar ainda causas hormonais, por isso mulheres estão mais sujeitas à síndrome no período do climatério”, completa o médico.

Esperar dores mais intensas para buscar atendimento pode agravar ainda mais a doença. "Como acontece em outros quadros, é comum a pessoa achar que a dor será passageira e conviver com ela por um tempo. Somente depois que percebe que a dor não vai passar, vai atrás do médico, mas aí o quadro já pode ser mais grave”, alerta o ortopedista.

O tratamento escolhido vai depender muito do grau da doença. As primeiras indicações serão de medicação e fisioterapia. Caso não haja sucesso, a cirurgia pode tornar-se necessária. "Quanto mais cedo a pessoa buscar tratamento, maiores são as chances de sucesso no tratamento”, reforça Yoshii.

PREVENÇÃO

A prevenção do túnel do carpo se dá através de medidas simples. Alongar a região dos punhos antes de iniciar uma atividade repetitiva é a primeira delas. Fazer pequenas pausas no trabalho a cada 15 minutos e adotar exercícios de fortalecimento muscular na região do antebraço também são meios bastante eficazes de combate à síndrome.
Redação Bonde com assessoria de imprensa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Pandemia

Ministério da Saúde prepara estratégia de vacinação contra a Covid-19

24 NOV 2020 às 11h21
Previna-se!

Crianças e jovens tem 80% de cura com diagnóstico precoce de câncer

24 NOV 2020 às 10h35
Novembro roxo

Novembro Roxo:O contato com o recém-nascido reduz o tempo de internação

24 NOV 2020 às 10h00
Dengue no Brasil

Ministério da Saúde lança campanha de combate ao Aedes aegypti

24 NOV 2020 às 09h55
Corrida da vacina

Rússia projeta vacina 95% eficaz e a metade do preço das concorrentes

24 NOV 2020 às 09h40
Covid-19

Estudo da Coronavac no Brasil chega à fase final com número mínimo de infectados

24 NOV 2020 às 09h25
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados