Pesquisar

Canais

Serviços

Reprodução
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Tratamento

Nova técnica promete diminuir a queda de cabelo durante a quimioterapia

Redação Bonde
13 jan 2016 às 07:48
Continua depois da publicidade

Dora Violeta Roche descobriu um câncer de mama em julho de 2015, durante uma consulta de rotina. O nódulo de 3,5 mm no seio direito dobrou de tamanho dentro de um mês, exatamente o prazo para a cirurgia, mesmo assim o procedimento foi feito. Após a cirurgia, os médicos constataram que outras partes do corpo de Dora não tinham sido afetadas, mas por precaução, ela teve que passar por sessões de quimioterapia.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Um dos problemas desse tipo de tratamento é que, além de eliminar o câncer, ele acaba com os cabelos e afeta a autoestima feminina. No entanto, isso não aconteceu com Dora. Minutos antes do início do tratamento ela recebeu uma touca gelada e permaneceu com ela até quase uma hora depois da aplicação do medicamento. Durante as 12 sessões, Dora perdeu uma quantidade insignificante de fios, isso devido a crioterapia que protegeu o folículo de cabelo e impediu a queda.

Continua depois da publicidade


"Achei que ia ficar careca, mas soube dessa técnica que não garantia 100% de permanência dos fios, mas de uma grande porcentagem", conta ela. "Perdi uns 10% do cabelo nas lavagens, mas ninguém consegue saber que fiz quimioterapia".


Segundo ela, o incômodo sentido durante as sessões com o aparelho valeu a pena. "Nos primeiros 10 minutos das primeiras aplicações, sentia um pouco de dor de cabeça, mas era suportável. Realmente vale a pena, não é uma tortura", conta.

Continua depois da publicidade


A máquina


"O equipamento resfria o couro cabeludo, promovendo uma vasoconstrição e diminuindo o fluxo sanguíneo para a raiz do cabelo", explica Mariana Laloni, do Centro Paulista de Oncologia, em São Paulo. Com aparência de um capacete, a máquina é revestida por um gel resfriado a 4º C, podendo causar sensação térmica de 12º a 15º C..


Mariana Laloni explica que é preciso usar uma touca por uma hora antes da infusão de quimioterapia, durante e depois da medicação também. Quando a droga já estiver metabolizada o risco de queda de cabelo é praticamente nulo, mas o resultado pode variar de acordo com a intensidade do tratamento quimioterápico.


Contraindicações

Não é indicada a realização do tratamento em pacientes com linfoma e leucemia. Pacientes claustrofóbicos podem não se adaptar à maquina devido ao uso da touca, que pode gerar um desconforto e pessoas com alergia no couro cabeludo também não podem receber o tratamento. (Com informações IG)


Continue lendo