Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Imunização

Dia D de vacinação contra o sarampo registra 656 doses aplicadas em Londrina

N.Com
21 out 2019 às 19:15
- Vivian Honorato/N.Com
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Como parte da Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo, as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) de Londrina abriram no último sábado (19) para o Dia D de mobilização nacional. O objetivo foi viabilizar aos pais e responsáveis mais uma oportunidade para que possam garantir a imunização dos filhos e demais crianças, na faixa etária de 6 meses a menores de 5 anos.

Os atendimentos das UBSs na área urbana ocorreram das 8h às 17h, e das 8h às 14h nas unidades dos distritos. Segundo relatório divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, durante o Dia D foram realizadas cerca de 3.200 vacinações. Deste total, apenas 656 doses de tríplice viral foram aplicadas, número considerado baixo já que 35.839 crianças integram o público-alvo da campanha.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Para o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, para que a campanha atinja o efeito esperado é necessária a mobilização da população. "Infelizmente tivemos um público muito aquém do que as nossas equipes tinham condições de atender, neste último sábado, em relação a vacinação contra o sarampo. Importante registrar que, de nada adianta a Prefeitura de Londrina disponibilizar horários alternativos, equipes para atendimento, se por parte da população, em especial de pais, mães, familiares e responsáveis, não tiverem a conscientização da importância da vacina nas crianças. As crianças, nessa faixa etária, não sabem ainda como fazer garantir seus direitos. E a vacinação é um ato de amor e um direito das nossas crianças, que precisa ser garantido por quem as ama de verdade”, frisou.

Leia mais:

Imagem de destaque
UNIDADE DO JARDIM DO SOL

Após desabamento de forro, UPA de Londrina pode ser transferida para prédio na Faria Lima durante obras

Imagem de destaque
PARA CRIANÇAS DE 10 E 11 ANOS

Cambé inicia vacinação contra dengue nesta terça-feira (27)

Imagem de destaque
Mais de 58 mil casos no PR

Brasil ultrapassa 650 mil casos de dengue; 94 mortes desde o início do ano

Imagem de destaque
Entenda

'Quadro psicótico', diz Vanessa Lopes ao falar sobre o que a fez sair do BBB


Atendendo à recomendação feita pela Secretaria Municipal de Saúde, desde o início da Campanha Nacional em 7 de outubro, 9.500 carteiras de vacinação foram apresentadas nas UBSs. "Essas carteiras foram lidas, e as crianças estavam com o esquema vacinal completo”, afirmou a diretora de Vigilância em Saúde, Sônia Fernandes.

Publicidade


Esta primeira fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, voltada às crianças, encerra na sexta-feira (25). As doses estão disponíveis em todas as UBSs. Na área urbana, o horário de atendimento é das 7h às 19h; e nos distritos, as unidades seguem horário próprio.


Como forma de prevenção contra o sarampo, são recomendadas duas doses da vacina, aos 12 e 15 meses de vida. E, diante do surto da doença em diversos estados, o esquema foi reforçado com a chamada "dose zero”, fornecida aos bebês de 6 meses a menores de 12 meses. Em Londrina, 5.182 crianças têm direito à dose zero contra o sarampo.


Além da vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo, caxumba e rubéola, as crianças de 6 meses a menores de 5 anos também têm direito a 25 aplicações de 11 vacinas, nesse período.

A segunda fase da campanha, com início previsto para 18 de novembro, será direcionada aos adultos entre 20 e 29 anos, e que ainda não atualizaram seu esquema vacinal.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade