Pesquisar

Canais

Serviços

vacinação vacina criança menino.jpg
iStock
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Contra Covid-19

Londrina começa a vacinar crianças na segunda-feira

Pedro Marconi - Grupo Folha
14 jan 2022 às 11:57
Continua depois da publicidade

A partir de segunda-feira (16) o público infantil passará a fazer parte da campanha de imunização contra a Covid-19 em Londrina. As primeiras doses pediátricas da Pfizer chegaram no Brasil na madrugada de quinta-feira (13), foram enviadas para o Paraná nesta sexta-feira (14) e a remessa correspondente a cidade deverá ser distribuída pela Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) até este sábado (15). 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Serão 2.590 doses, que inicialmente vão atender as crianças de 5 a 11 anos com comorbidades ou deficiência permanente e os meninos e meninas de 11 anos. Estes dois grupos somam cerca de 3.200 pessoas cadastradas no sistema da prefeitura. Por isso, para as crianças de 11 em geral anos será feito um “recorte” para escalonamento a partir do mês de nascimento, de forma decrescente, até atingir a quantidade de doses à disposição neste primeiro momento. 

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Os pais ou responsáveis que registraram as crianças com doenças pré-existentes ou deficiência terão que apresentar a documentação comprobatória na secretaria municipal de Saúde, na avenida Theodoro Victorelli, 103. No envelope terão que estar a declaração médica e cópia dos documentos da criança. Um plantão para receber os papéis será feito neste sábado, das 7h às 14, na sede da pasta. 


Segundo a secretaria de Saúde a expectativa é abrir o agendamento para a aplicação da primeira dose nas crianças neste fim de semana. A vacinação do público infantil será exclusivamente no Centro de Imunização da zona norte e a criança, obrigatoriamente, terá que estar acompanhada do pai ou do responsável legal. Mais de 16 mil pessoas entre 5 a 11 anos foram cadastradas no município para receber o imunizante. 


Saiba mais na Folha de Londrina.

Continue lendo