Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Quadrivalente

Vacina contra HPV é qualificada pela OMS

Redação Bonde
16 jun 2009 às 18:00
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A vacina quadrivalente contra o papilomavírus humano, fabricada pela Merck Sharp & Dohme, acaba de receber a pré-qualificação da Organização Mundial da Saúde (OMS). Isso significa que, a partir de agora, o produto poderá ser comprado por agências da Organização das Nações Unidas (ONU), para uso em programas nacionais de imunização. A vacina quadrivalente é a primeira contra câncer de colo do útero a receber o certificado da OMS.

O objetivo da pré-qualificação da OMS é garantir que as vacinas atendam aos padrões de qualidade, segurança e eficácia que, em conjunto com outros critérios, são utilizados pela ONU e outros órgãos para definir as compras.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A vacina quadrivalente contra HPV é a única que protege contra quatro sorotipos do papilomavírus humano (6, 11, 16 e 18). Atualmente, é indicada para meninas e mulheres de 9 a 26 anos para a prevenção de cânceres de colo do útero, da vulva e da vagina causados pelo HPV 16 e 18, das verrugas genitais provocadas pelo HPV 6 e 11 e das lesões pré-cancerosas ou displásicas causadas pelo HPV tipos 6, 11, 16 e 18.

Leia mais:

Imagem de destaque
Prevenção e proteção

Campanha de vacinação contra a poliomielite começa na segunda no Paraná

Imagem de destaque
Em Venâncio Aires

Segunda morte por leptospirose é confirmada no Rio Grande do Sul

Imagem de destaque
Imunize-se!

Cuidados básicos e vacinação aumentam proteção contra a gripe

Imagem de destaque
Saiba mais

O que é leptospirose, quais os sintomas e como é o tratamento


Câncer de colo de útero

Publicidade


Os HPV 16 e 18 são responsáveis por aproximadamente 70% dos casos de câncer do colo do útero, sendo que os tipos de HPV 6 e 11 causam aproximadamente 90% das verrugas genitais e cerca de 10% das lesões displásicas de baixo grau do colo do útero. Segundo os estudos clínicos, a vacina quadrivalente contra o HPV demonstrou 100% de eficácia na prevenção de cânceres cervicais, vulvares e vaginais relacionados ao HPV 16 e 18 em mulheres que não haviam sido expostas a esses tipos de HPV e 99% de eficácia nos casos verrugas genitais causadas por HPV tipos 6 ou 11.


Acesso à vacina no mundo em desenvolvimento – A pré-qualificação da OMS pode acelerar o acesso à vacina quadrivalente contra o HPV nos países em desenvolvimento. O esforço da Merck para garantir o acesso ao produto engloba várias frentes.

Publicidade


A Merck oferece a vacina por um preço isento de lucro aos países que fazem parte da Global Alliance for Vaccines and Immunization (Aliança Global para Vacinas e Imunização). Além disso, a Merck busca diversas formas de reduzir o custo do produto para o mundo em desenvolvimento, por exemplo, reduzindo os royalties pagos aos detentores da licença sobre as doses vendidas a esses países.


Papilomavírus Humano

Estima-se que o HPV (papilomavírus humano) cause cerca de meio milhão de novos casos de câncer de colo do útero anualmente no mundo, sendo que a maioria afeta mulheres dos países em desenvolvimento.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade