Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Descubra

Até que ponto as fantasias sexuais são benéficas?

Sexo e Comportamento - Folha de Londrina
13 jun 2013 às 16:06
- Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

''O fetichismo é uma perversão que consiste em amar não a pessoa, mas a uma parte dela ou objeto de seu uso'', Dicionário Aurélio. Na espécie humana, o sexo, na sua plenitude, é um ato de extremo prazer e uma profunda realização dos seres que se amam. Uma via de duas mãos, com intensas trocas, que levam ao crescimento mútuo.

Somos seres desejantes e desde os primórdios da espécie humana esses desejos dirigiram o comportamento humano. Com a socialização foram criados limites para o exercício da sexualidade, através de uma moral mais ou menos rígida, dependendo da época e cultura vigente. O surgimento do desejo implica na construção das fantasias que são formadas precocemente, na interação dos pais com o bebê desde a vida intra-uterina. Sem fantasias não há desejo.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Afagos, beliscões, beijos, sorrisos e apertões, tido que envolve uma maternagem sadia, tudo isso é armazenado na mente de um modo suavemente sensual e privilegiado, formando um arquivo, que no momento oportuno servirá de combustível na produção de um desejo saudável e construtivo. Situações em que o contato com a criança são mais agressivas ou abusivas podem levar à formação de fantasias perversas ou parafílicas como uma maneira de superar os traumas. Dentre essas fantasias temos o fetichismo.

Leia mais:

Imagem de destaque
Fique atento!

Comportamento de risco aumentou infecções sexualmente transmissíveis

Imagem de destaque
Antes do Carnaval?

Programas focados em abstinência sexual não são eficazes, diz SBP

Imagem de destaque
Saiba mais

Evento em Londrina discute vida sexual em relacionamentos longos

Imagem de destaque
Saúde do homem

Você sabia que colesterol alto pode levar à impotência?


Em alguns casos essas fantasias perversas tomam um rumo maligno, pois destroem a capacidade de envolvimento em relacionamentos normais. Crianças agredidas por pais sádicos e manipuladores podem erotizar essas qualidades ruins e na vida adulta se tornam obcecadas por parceiros que as machuquem de modo semelhante e evitam pessoas amorosas. Por outro lado, gostam de deixar claro que as fantasias são fundamentais para o bom funcionamento sexual.

Publicidade


Não há problemas em usar certas peças do vestuário, perfumes, odores para despertar o desejo, desde que não seja a única forma de estímulo e desde que se veja como adorno e não como coroa sobre aquele que se ama. Da mesma forma o parcialismo (preferêncis por determinados atributos físicos) pode ser um poderoso afrodisíaco e deve ser usado como fomentador do desejo.


Mitos e Verdades

Publicidade


É mito pensar que peças íntimas são símbolos do pecado.


A dependência de objetos como forma exclusiva de prazer afasta as pessoas e as transforma em objetos de auto-satisfação.

Calvino C. Fernandes, ginecologista e terapeuta sexual


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade