Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Dilema

Usar ou não a camisinha, eis a questão

Sexo&Comportamento-Folha de Londrina
02 jun 2009 às 11:47
Nada é mais importante do que fazer sexo com segurança. - Reprodução
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Todo mundo sabe que o uso da camisinha é fundamental na hora do sexo para evitar as DSTs ou uma gravidez indesejada. Mas sabemos também que alguns jovens se recusam a usá-la, como se fossem imunes a qualquer risco sexual.

Quando converso com os jovens sobre o uso de camisinha, eles ficam vermelhos de vergonha. Alguns nem sabem ao certo como colocá-la. Quando pergunto qual a marca de sua preferência, não sabem dizer. Pode parecer incrível, mas na verdade são poucos os que carregam consigo uma camisinha.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


E por que então essa dificuldade? Muitos sentem uma grande inibição na hora de colocar a camisinha perto da parceira. Dizem que ter que parar as carícias na hora H pode muitas vezes fazer com que percam a ereção. E começar tudo de novo pode levar a uma ansiedade no seu desempenho, não conseguindo mais ter outra ereção.

Leia mais:

Imagem de destaque
Fique atento!

Comportamento de risco aumentou infecções sexualmente transmissíveis

Imagem de destaque
Antes do Carnaval?

Programas focados em abstinência sexual não são eficazes, diz SBP

Imagem de destaque
Saiba mais

Evento em Londrina discute vida sexual em relacionamentos longos

Imagem de destaque
Saúde do homem

Você sabia que colesterol alto pode levar à impotência?


Outros relatam que ejacularam antes mesmo de colocar a camisinha e ficam nervosos demais só de pensar em seu uso. O medo do que a mulher pode sair dizendo por aí sobre seu desempenho leva muitas vezes ao sexo com risco.


É muito importante os jovens conhecerem as marcas que estão no mercado e escolherem a de sua preferência. Nada é mais importante do que fazer sexo com segurança. Peça ajuda a sua parceira para a colocação da camisinha, isso pode virar um jogo erótico muito interessante.

Lucianne Fernandes, psicóloga clínica especialista em Sexualidade Humana


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade