Pesquisar

Canais

Serviços

Vitor Ogawa/Grupo FOLHA
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Pandemia

UTI Covid do HU de Londrina terá leitos reduzidos pela metade

Vitor Ogawa/Grupo FOLHA
29 dez 2021 às 08:28
Continua depois da publicidade

O decréscimo de mortes e casos confirmados do novo coronavírus tem gerado reflexo na gestão dos leitos hospitalares exclusivos para as vítimas dessa pandemia.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


A UTI do HURNP (Hospital Universitário Regional do Norte do Paraná) de Londrina, voltada para o tratamento deste público,  chegou a ter 100 leitos. 

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


O número será reduzido pela metade a partir de 1º de janeiro. “Desde o começo de dezembro nós fechamos 30 leitos e a partir de de janeiro vamos fechar mais 20. Isso significa que voltaremos para 50 leitos de UTI para Covid, ou seja, 50% da capacidade que foi atingida pelo hospital”, destacou a superintendente do hospital, Vivian Feijó.


“A partir do momento em que os leitos passam a ser menos utilizados e menos exigidos pela questão epidemiológica, a opção será pelo plano de desaceleração, ou seja, desmobilização dos leitos. Esse plano foi organizado com a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde)", explicou Feijó. Ela relatou que no dia 18 de agosto deste ano, o hospital atingiu o ápice de ter 453 leitos no hospital inteiro. “No dia 1º de dezembro, com o fechamento de 30 leitos de UTI, baixamos para 424 e agora no dia 1º vamos ficar com 414 leitos”, detalhou. 


A superintendente acrescentou que neste último mês houve quedas significativas na taxa de ocupação. 

Continua depois da publicidade


“No dia 22 de dezembro, antes do Natal, tínhamos sete pacientes Covid e 14 pacientes Covid nas UTI adulto, ou seja, uma taxa de ocupação de 14% nas enfermarias e de 20% nos leitos de UTI. Foram taxas bem baixas e o motivo de otimismo por parte da administração e do grupo de fluxo de Covid”, apontou.


Continue lendo na Folha de Londrina.


 

Continue lendo