Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Imunização

Vacinação contra a dengue movimenta postos de saúde de Londrina neste sábado

Walkiria Vieira - Grupo Folha de Londrina
09 mar 2024 às 13:20
- Walkiria Vieira
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Um público predominantemente jovem marcou presença nos postos de saúde na manhã deste sábado (9) para receber a primeira dose da vacina contra a dengue. O atendimento da SMS (Secretaria Municipal de Saúde) de Londrina amplia a faixa de vacinação contra a dengue para adolescentes de até 14 anos.


Os pré-requisitos também incluem não ter tido dengue ou suspeita da doença nos últimos seis meses. De acordo com a agente de saúde Eliomara Sutil, que atua na recepção das famílias da unidade de saúde do Jardim Alvorada, há uma ampla divulgação a respeito destas orientações. Ela afirma que, nas primeiras horas de atendimento, a procura se mostrou satisfatória.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Imagem
Com baixa procura, Londrina amplia vacinaçã́o contra dengue até os 14 anos de idade
Atendendo a orientação do Ministério da Saúde e da Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), a Prefeitura de Londrina vai ampliar a faixa etária de imunização contra a dengue.


A agilidade dos profissionais de saúde surpreendeu os pacientes que, entre a triagem e a aplicação da vacina, não tiveram a chance de ocupar a cadeira de espera. Foi o caso da estudante do Ensino Fundamental Lívia Machado, 13 anos. Na companhia da mãe, a dona de casa Paula Machado, confirmou sua postura favorável à oferta do imunizante.

Leia mais:

Imagem de destaque
Saiba mais

Estudo atesta eficácia de tratamento mais barato para AVC pelo SUS

Imagem de destaque
Mais investimento

Brasil registra 45% de cobertura em saúde bucal; meta é chegar a 70%

Imagem de destaque
Saiba mais

Pesquisa da UENP analisa saúde da mulher no Paraná

Imagem de destaque
Plásticas

Mulheres vítimas de violência serão priorizadas em cirurgias reparadoras feitas no SUS


A família relata que o repelente já é parte do orçamento da casa. "Praticamente tomamos banho de repelente e a reaplicação é também regra." Com menos de cinco minutos dedicados ao procedimento, já sabem que no dia 10 de junho devem retornar para a segunda dose. "Tudo muito organizado e ficamos mais tranquilas com a vacinação", agradecem mãe e filha.


O estudante Igor Oliveira, 13 anos, morador do Jardim Leonor, também reservou as primeiras horas da manhã para cuidar da saúde, na companhia do tio, o aposentado Braes Alves. Igor conta que, desde que souberam da campanha, se interessaram pela proteção. "Fui até ver se os vizinhos viriam, mas um tem 15 e o outro, 9 anos e, por isso, não se enquadram, porque é de 10 a 14 agora", reforça.


Alves relata que quando teve dengue foi uma experiência nada boa. "É de derrubar. E se pensarmos que uma tampinha de plástico pode servir de criadouro, temos que ter mais consciência e atitude", opina.

CONTINUE LENDO NA FOLHA DE LONDRINA

Imagem
Adesão à vacina contra dengue movimenta postos de saúde neste sábado (9)
Faixa de vacinação de 10 a 14 segue até as 17 horas sem necessidade de agendamento
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade