Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Região de Curitiba

Descubra belezas e encantos nas Rotas do Pinhão

Redação Bonde
26 jun 2012 às 10:32
- Joel Rocha/Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Na capital do Paraná é possível fazer uma viagem pelo mundo. Com mais de três séculos de existência, Curitiba abriga surpresas que fascinam entre os seus espaços culturais, históricos, memoriais e endereços gastronômicos que remetem às várias etnias, revelando sua principal característica, a imigração. Uma cidade à frente do seu tempo, que já há muitas décadas vem sendo modelo de planejamento urbano, de transporte público e de preservação ambiental – criando um equilíbrio entre a natureza e a vida do homem moderno. Seus parques e museus são passeios preferidos pelos moradores e pelos muitos visitantes que aqui vêm para participar dos inúmeros eventos e para fazer negócios.


Parque Tanguá


Nos seus arredores é possível descobrir muitos outros encantos nas "Rotas do Pinhão", um misto de aventura, história, gastronomia, paisagens bucólicas e rurais.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Uma das mais belas paisagens da rota fica na cidade da Lapa, que possui um Centro Histórico de 14 quarteirões tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, além de oferecer atividades de turismo rural em hotéis fazenda e chácaras de lazer, sem contar a gastronomia lapiana, com fortes resquícios do tropeirismo e seu passado ligado à Revolução Federalista.

Leia mais:

Imagem de destaque
152 mil turistas desde 2022

Rota das Lavandas completa dois anos e atrai visitantes a Londrina e outras cinco cidades do Paraná

Imagem de destaque
Confira a programação

Dia de Santo Antônio terá distribuição de bolo com medalhinhas, missas e quermesse em Cambé

Imagem de destaque
Conheça o Paraná

Feriado perto da natureza: parques estaduais do Paraná estarão abertos no Corpus Christi

Imagem de destaque
Atração em Rio Negro

Recorde no Guinness: menor cemitério do mundo é atração turística do Paraná


Reprodução
Reprodução

Centro Histórico da Lapa


Ainda dentro da Rota do Pinhão encontramos Balsa Nova com sua bucólica Vila de São Luis do Purunã, Campo Largo que se destaca pela produção de louça e porcelana de muita qualidade, Rio Negro com seu artesanato em palha de milho e seu imponente Seminário Seráfico, e Campo do Tenente. Nesta região, as atividades rurais que se destacam são cafés coloniais, restaurantes, cavalgadas e muitas outras atrações de lazer formando diversificados roteiros.

Publicidade


Em Colombo e São José dos Pinhais, é possível fazer roteiros do vinho. Em Campo Magro, Quatro Barras, Piraquara e Campina Grande do Sul, Cerro Azul, a natureza e aventura são atrações. Em Araucária, Almirante Tamandaré e Pinhais a ruralidade é o ponto forte.


Turismo cultural

Publicidade


Artesanato e mercados tradicionais: muito mais do que uma simples lembrança, você pode levar um pedacinho do Paraná na sua bagagem. Em Curitiba o visitante pode conhecer o Mercado Municipal, recém-revitalizado, bem como as feiras de artesanato que ocorrem periodicamente. A mais conhecida é a Feira do Largo da Ordem, que ocorre aos domingos das 9h às 14h no centro histórico de Curitiba. No mesmo local existem outras lojas de artesanato funcionando em dias de semana, como a loja do projeto Arte Nossa Artesanato Paranaense. Na região metropolitana, destacam-se as estatuetas e os vasos decorativos do Atelier Fedalto & Otero, em Campo Largo, e o belo artesanato em palha de milho do município de Rio Negro.


Sítios e edificações históricas

Publicidade


Joel Rocha/Divulgação
Joel Rocha/Divulgação

Catedral de Curitiba


Nas Rotas do Pinhão é possível interpretar o patrimônio histórico das cidades e reviver o passado paranaense passando por antigos caminhos coloniais. Em Curitiba não passam desapercebidos a imponência da Universidade Federal do Paraná, o setor histórico conhecido como Largo da Ordem, a Catedral, a antiga pedreira que se converteu em Ópera de Arame e Pedreira Paulo Leminski, antigo palco de shows, e os teatros Paiol e Guaíra. Vale descobrir os encantos do Seminário Seráfico de Rio Negro, exemplar da arquitetura típica da região; bem como dos centros históricos de Piraquara e da Lapa, que também conta com a Casa Vermelha, onde funciona o Museu Tropeiro, e com o Pantheon dos Heróis, grande monumento cívico do Paraná em lembrança aos heróis que lutaram para defender o Brasil durante a Revolução Federalista.


Espaços culturais

Publicidade


Joel Rocha/Divulgação
Joel Rocha/Divulgação

Museu Oscar Niemeyer


Nas Rotas do Pinhão você pode conhecer exemplares preservados do patrimônio cultural do povo paranaense. Em Curitiba, além dos museus como o Museu Oscar Niemeyer e o Museu Paranaense, existem os famosos memoriais que homenageiam as etnias colonizadoras do Paraná, como o Memorial Ucraniano no Parque Tingui, o Bosque Alemão e a Praça do Japão. Em Campo Largo também vale a pena conhecer o Parque Histórico do Mate.


Joel Rocha/Divulgação
Joel Rocha/Divulgação

Parque Histórico do Mate, em Campo Largo


Ecoturismo e turismo de aventura

Publicidade


A diversidade de roteiros e de atividades diferenciadas, aliadas à prática da aventura segura, proporciona uma mistura de grandes emoções e muita diversão no Paraná. O estado dispõe de locais onde o ecoturismo contribui para a preservação e conservação do ambiente natural e a adoção de uma conduta consciente.


Paraná Turismo/Divulgação
Paraná Turismo/Divulgação

Recanto dos Papagaios, em Balsa Nova


Cicloturismo: vales, campos, praias, serras e florestas, algumas das paisagens paranaenses que podem ser apreciadas pedalando pelo Paraná. Nas Rotas do Pinhão, indicamos explorar a capital de bicicleta e rumar para a Lapa, descobrindo os belos cenários das suas estradas secundárias.

Publicidade


Caminhada: no Paraná existem programas de caminhadas realizados por operadoras especializadas, com excelentes opções de visitação em unidades de conservação e passeios organizados. Uma dica é não deixar de visitar o Caminho do Itupava em Quatro Barras, nas Rotas do Pinhão.


Montanhismo: a poucos quilômetros de Curitiba se situa a Serra do Mar paranaense, que dispõe de algumas das montanhas mais conhecidas do Brasil. Nas Rotas do Pinhão, vale a pena se aventurar no Morro do Anhangava, em Quatro Barras; no Morro do Canal em Piraquara e no Morro do Araçatuba, em Tijucas do Sul.


Espeleoturismo: a possibilidade de apreciar belos espeleotemas em cavernas é uma das fortes atrações do Paraná. Um convite imperdível para os amantes da aventura subterrânea é conhecer as grutas e cavernas do Parque Estadual de Campinhos, em Tunas do Paraná, e o Parque Municipal Gruta de Bacaetava, em Colombo.


Rafting: descer os rios em botes infláveis, sentindo as emoções de enfrentar suas corredeiras, revela um novo cenário natural a cada curva. Nas Rotas do Pinhão indicamos a inesquecível experiência de praticar o rafting no Rio Açungüi em Campo Largo, e no Rio Ribeira em Cerro Azul.


Turismo rural


Dos circuitos de turismo rural na agricultura familiar aos hotéis fazenda, no Paraná a ruralidade toma conta do dia a dia. Em todo o estado existem opções para quem procura a vivência do turismo comprometido com o meio rural e com a produção agropecuária, que resgata e promove a valorização do patrimônio cultural e natural das localidades paranaenses. Para você que deseja ter contato com a cultura do homem do campo, confira as opções que as Rotas do Pinhão oferecem:


Caminhos do Guajuvira, em Araucária: localizado na comunidade do Guajuvira, reconhecida por sua importância histórica e pela influência dos poloneses, além de belas paisagens e de atrativos culturais. Ao longo dos 36km do circuito os visitantes encontram opções de hospedagem em fazenda; de lazer que vão do tradicional pesque e pague ao colhe e pague de frutas como pêssegos e ameixas; de gastronomia com rico café colonial polônes e ainda podem levar de casa licores, compotas, geléias, cervejas caseiras e hortaliças orgânicas. O circuito oferece aos sábados visitas guiadas que incluem transporte e parada em outros atrativos.


Prefeitura Municipal de SJP/Divulgação
Prefeitura Municipal de SJP/Divulgação

Portal de entrada para o Caminho do Vinho, em São José dos Pinhais


Caminho do Vinho, em São José dos Pinhais: fruto da influência dos primeiros imigrantes italianos que se instalaram na região da Colônia Mergulhão, o Caminho do Vinho tem como principais atrativos as vinícolas e cantinas onde visitantes podem saborear e comprar vinhos, sucos, licores e outros produtos coloniais. Outro destaque é a visita guiada através da Linha Turismo - Caminho do Vinho, que passa pelos pontos turísticos do circuito, entre eles os empreendimentos de lazer, as edificações típicas da colonização italiana, os restaurantes e os cafés coloniais. No Caminho do Vinho pode-se ainda dormir em pousada e assistir a uma belíssima apresentação do grupo folclórico italiano da Colônia.


Circuito Italiano, em Colombo: primeiro roteiro de turismo rural da Região Metropolitana de Curitiba, o Circuito Italiano oferece um agradável passeio pelas tradicionais vinícolas e cantinas de vinho em um ambiente marcado pela herança dos imigrantes italianos, seja no modo de falar ou na receptividade durante a hospedagem e na farta gastronomia típica dos restaurantes. Outro ponto forte do circuito são os produtos associados, com destaque para a produção e venda dos alimentos orgânicos, doces, licores, hortaliças, embutidos e defumados.

Hospedagem: na área rural, além de poder conhecer os meios de hospedagem que fazem parte dos circuitos citados, existem muitas outras opções a serem descobertas, como o Hotel La Dolce Vita, o Hotel Estância Betânia, o Hotel Fazenda Pousada Cainã e o Parque São Luiz Purunã. Clique aqui para conhecer outras opções de hospedagem. (Com informações da Secretaria de Turismo do Paraná)


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade