Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Paisagens de tirar o fôlego

Surpreenda-se com 14 roteiros incríveis para conhecer o Paraná

Redação Bonde com Paraná Turismo
01 out 2016 às 11:05
Continua depois da publicidade

São tantas as possibilidades, que ele foi dividido em 14 regiões para melhor disponibilizar sua enorme variedade de atrações turísticas: belezas naturais inigualáveis, grandes reservas da Mata Atlântica preservada, rios, cachoeiras, todas as riquezas cultivadas em seu solo, um riquíssimo acervo histórico e cultural, além das inúmeras e diferentes alternativas de lazer e gastronomia para você e sua família.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

As 14 Regiões Turísticas oferecem ao visitante uma estimulante jornada, seja qual for seu perfil. São elas: Campos Gerais, Cataratas do Iguaçu e Caminhos ao Lago de Itaipu, Corredores das Águas, Ecoaventuras Histórias e Sabores, Entre Morros e Rios, Lagos e Colinas, Litoral do Paraná, Norte do Paraná, Norte Pioneiro, Riquezas do Oeste, Rotas do Pinhão, Terra dos Pinheirais, Vale do Ivaí e Vales do Iguaçu.

Continua depois da publicidade


E é essa diversidade cultural e geográfica que faz do Paraná um Estado muito visitado e o coloca em posição altamente requisitada por brasileiros e estrangeiros. Aqui, cada região apresenta encantos especiais com surpresas que conduzem todos os seus visitantes a viagens inesquecíveis. Deixe-se seduzir por estas terras. Seja qual for o seu estilo, você vai se surpreender!


Campos Gerais

Continua depois da publicidade


A característica principal da Região é o contraste entre os campos, onde surgem as imponentes araucárias e as escarpas serranas. Esta paisagem proporciona cenários naturais de magia e beleza, com destaque para os arenitos de Vila Velha, as imensas furnas e o Cânion do Guartelá. Nestes santuários, ou em seu entorno, os passeios podem ser de pura contemplação da paisagem, ou ainda de aventura com a prática de rapel, rafting, trekking e banhos de cachoeira, entre outros.


No século XVIII era passagem de inúmeros rebanhos de gado e tropeiros que percorriam o Caminho do Viamão, desde o Rio Grande do Sul até as feiras de São Paulo. Este caminho passa pelos Campos Gerais e o antigo fluxo desses viajantes exerceu fundamental importância na formação cultural e econômica do Paraná, que acolheu aqui várias levas de imigrantes europeus, fatos estes traduzidos em um passado repleto de histórias e que pode ser revivido percorrendo o Circuito da Colonização dos Imigrantes Europeus e a Rota dos Tropeiros. O Santuário de Nossa Senhora das Brotas homenageia a padroeira dessa Rota.


Mais informações: www.rotadostropeiros.com.br


Cataratas de Iguaçu e Caminho ao Lago de Itaipu


A região turística Cataratas do Iguaçu e Caminhos ao Lago de Itaipu traz no seu nome e no seu território dois imponentes atrativos dentre inúmeros que podem ser visitados e aproveitados nessa encantadora parte da América. A exuberância do Parque Nacional do Iguaçu, onde a beleza e magnitude das Cataratas se perpetua, atraindo milhares de turistas brasileiros e estrangeiros e a Usina Hidrelétrica de Itaipu. Cenários de grandes espetáculos. A cidade, na tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina é marcada com muitas atrações, naturais, culturais e de compras, além de excelente infraestrutura de serviços.


O Lago de Itaipu, que vai de Foz do Iguaçu a Guaíra, passando pelos municípios que o margeiam, compõe a região que tem a água como uma característica da região, seja ela das cataratas, dos rios ou do lago. Os caminhos que levam a atrações de lazer, pesca, balneários de água doce, a cultura remanescente de alemães e italianos, o turismo em áreas naturais como no Parque de Ilha Grande e o turismo cultural. Tudo pode ser vivenciado em passeios que despertam todos os sentidos: ver as apresentações culturais, aproveitar os cheiros da gastronomia, ouvir as músicas e sons da natureza, degustar pratos típicos e produtos regionais, sentir a emoção de estar num lugar único!



Mais Informações: www.adeturcataratasecaminhos.org.br

Corredores das Águas


A riqueza desta região provém principalmente das atividades da agroindústria e das grandes confecções e shoppings de atacado. As inúmeras cooperativas formadas para o cultivo e processamento de grãos e do bicho-da-seda deixam suas marcas na paisagem local.
Os caudalosos rios Paraná, Paranapanema, Ivaí e Piquiri são quatro presentes da natureza para o Noroeste. É uma região de clima tropical úmido, verões quentes e que se destaca por suas alternativas de lazer, pousadas rurais, atividades náuticas e pesqueiras, eventos e negócios que ocorrem principalmente em Maringá, onde se ergue a imponente Catedral Metropolitana, além das inúmeras possibilidades de aventura e ecoturismo na conhecida Costa Rica.


Mais Informações: www.turismoregional.com.br/regionalizacao


Ecoaventuras, histórias e sabores


Entre os principais atrativos turísticos da região destacam-se as edificações religiosas, as peregrinações da Rota da Fé e a gastronomia com pratos típicos e festividades como a Festa do Carneiro no Buraco e a Comcam Fest. Com pousadas rurais e um dos mais expressivos equipamentos hoteleiros do Estado com fontes termais, a região é opção para descanso e lazer na área rural. Conta com duas unidades de conservação – a Estação Ecológica do Cerrado, que preserva remanescentes deste ecossistema e desenvolve atividades em educação ambiental, e o Parque Estadual de Vila Rica do Espírito Santo, que além de ser refúgio de flora e fauna, possui rico patrimônio arqueológico com ruínas de uma das 16 comunidades jesuíticas espanholas fundadas nos séculos XVI e XVII.


Entre Morros e Rios


A região é marcada pelos costumes tradicionalistas dos tropeiros, preservando a tradição campeira recorrente em pousadas rurais, cavalgadas e eventos. Também resguarda sua colonização europeia. A região possui inúmeras hidrelétricas no Rio Iguaçu que formam imensos lagos, favorecendo a prática de esportes náuticos e a pesca.


lago e colinas


A região é margeada pelo rio Iguaçu e conta com inúmeras hidrelétricas e seus lagos que favorecem a prática de esportes náuticos e a pesca esportiva além de recantos de lazer nas represas de Foz do Areia, Salto Osório e Salto Santiago. A transformação ocorrida o território está bem representada no Museu Regional do Iguaçu, que possui um dos mais expressivos acervos regionais do Paraná. A região também concentra reservas indígenas e oferece belas paisagens como a do Horto Florestal, na Vila de Faxinal do Céu, e rica agricultura familiar. Outro destaque é a Festa Nacional do Charque com seu ponto alto na gastronomia, além de atividades artísticas e feira agropecuária.


Mais Informações: www.adeturlagosecolinas.com.br


Litoral do Paraná


Chega-se à região de trem, pela centenária ferrovia Paranaguá - Curitiba que atravessa a Serra do Mar, ou de carro, ao longo da sinuosa e florida Estrada da Graciosa ou pela moderna rodovia de pista dupla BR-277. Berço da colonização do Estado, no litoral se encontram cidades históricas - como Paranaguá e seu centro histórico, Mata Atlântica e muitas praias localizadas em badalados balneários, ou em ilhas como a do Mel e a do Superagüi. Suas baías são propícias para a prática do turismo náutico e a Serra do Mar esconde magníficos cenários para ecoturismo e turismo de aventura.


É dessa região um dos pratos típicos do Paraná, o saboroso Barreado, que costuma ser apreciado acompanhado de banana in natura, principalmente em Morretes, grande produtor de cachaça. Famosa é a bala de banana de Antonina. A diversidade da culinária à base de frutos do mar também está presente, vai da tainha ao caranguejo, do siri à ostra, sempre acompanhado da especial farinha de mandioca.


Mais Informações: www.adeturlitoral.com.br


Norte do Paraná


De grande beleza cênica, a região foi colonizada entre as décadas de 1920 a 1950, devido a expansão da cafeicultura. Possui fortes marcas da cultura japonesa e de outros povos (árabes, alemãs, italianos e portugueses) impulsionadores das atividades agropecuárias na Rota do Agronegócio. O visitante encontrará empreendimentos com tecnologia de ponta em contraste com propriedades rurais onde a agropecuária tem presença marcante. Já na Rota do Café, muitas das propriedades cafeeiras estão abertas ao lazer, com alternativas de hospedagem e alimentação. A região se destaca pela pujante Londrina, pelo turismo rural e de negócios e eventos.


Mais Informações: www.adetunorp.com.br


Norte Pioneiro


Esta região foi uma das entradas para colonização do Paraná abrigando até hoje indicativos culturais da expansão econômica nos primórdios dos séculos XIX. Entre os principais atrativos destacam-se a Represa de Chavantes e o Rio das Cinzas, com potencial para o turismo náutico, de pesca e esportivo, alem de passeios de barco, campeonatos de pesca e canoagem. A oferta hoteleira inclui um resort com piscinas de água mineral e pousadas. O patrimônio cultural está representado por edificações religiosas integrantes da Rota do Rosário. As características produtivas e naturais da região também favorecem o desenvolvimento de atividades no turismo rural e lazer, incluindo antigas fazendas produtoras de café que integram a Rota do Café.


Mais Informações: www.rotadocafe.tur.br


Riquezas do Oeste


A região se destaca pelo desenvolvimento do agronegócio, com expressão maior no eixo Cascavel - Toledo, onde eventos como o Show Rural e o Porco no Rolete, fazem da tecnologia e da gastronomia grandes atrações turísticas. Eventos automobilísticos - arrancadões, provas de rally e fórmula truck, entre outras competições, são referências no circuito nacional e internacional, assim como os eventos culturais. O cultivo de flores também vem se sobressaindo, principalmente em Corbélia e Maripá, onde as orquídeas são atrações.


Rotas do Pinhão


Na capital, Curitiba, é possível fazer uma viagem pelo mundo. Com mais de três séculos de existência e nascida Vila de Nossa Senhora dos Pinhais, a cidade abriga espaços culturais, históricos, memoriais e endereços gastronômicos que remetem às várias etnias que a formaram, sendo ainda um modelo de planejamento urbano, transporte público e preservação ambiental.


Em seu entorno podem ser descobertos muitos outros encantos na conhecida "Rotas do Pinhão", um misto de aventura, história, ruralidade e natureza, que oferece, além da paisagem, restaurantes, vinícolas, spas, parques, lojas e áreas rurais para lazer e hospedagem em diversificados roteiros. Além dos roteiros, também merece destaque a legendária cidade da Lapa, palco da Revolução Federalista., cujo Centro Histórico, possui 14 quarteirões, com 235 imóveis tombados pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, integrando a Rota dos Tropeiros.


Terra dos Pinheirais


Localizada no centro-sul do Paraná, é uma região privilegiada com densas florestas de araucária, clima temperado, rios caudalosos e cultura rica e diversificada. Seu relevo propiciou a formação das famosas Cachoeiras em Prudentópolis e União da Vitória.


Podem ser apreciadas as belezas naturais e ainda é possível conhecer as culturas ucraniana, polonesa, italiana e alemã que marcam a história e o cotidiano de seu povo, com destaque para a saborosa gastronomia, o artesanato refinado, a dança, a música, a rica arquitetura, além do vinho de amora, novidade nacional. Os templos religiosos destas etnias justificam, por si só, uma viagem à região, assim como os diversificados eventos culturais e agroindustriais e as fontes de água sulfurosa.


Mais Informações: www.terradospinheirais.tur.br


vale do Ivaí


A região concentra importantes santuários religiosos do Estado, como o dedicado a Santo Expedito em Apucarana e outro à Santa Rita de Cássia em Lunardelli, ambos interligados pelo circuito Rota da Fé. Os recursos naturais e o setor agrícola favorecem as atividades vinculadas ao turismo rural, ecoturismo e turismo de aventura.


Vales do Iguaçu


Região marcada por agroindústrias, pelas reservas de Araucária, pelo clima frio e pelas represas do Rio Iguaçu, que formam lagos propícios para o lazer e esportes náuticos. É privilegiada também pela presença de reservas indígenas, por fontes de água hidrotermal - com destaque para as águas do Verê - e pelo cultivo da uva, responsável pela presença de vinícolas e realização de festas gastronômicas.

Além das hidrelétricas, a presença do Rio Iguaçu é também marcante pelo início do Parque Nacional do Iguaçu, no município de Capanema, onde um roteiro rural está estruturado.
Destacam-se ainda na sua paisagem bucólica, os Campos de Palmas com usinas eólicas e o Marco Divisório entre Paraná, Santa Catarina e Argentina, em Barracão, além do Museu do Iguaçu em Reserva do Iguaçu.


Continue lendo