Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Fatalidade

Cantora é atacada e morta por coiotes

BBC Brasil
29 out 2009 às 19:09
- Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A jovem a cantora Taylor Mitchell, da cidade de Toronto, foi atacada pelos animais enquanto fazia uma trilha sozinha no parque de Cape Breton, no Estado de Nova Scotia. Ela foi levada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Os guardas florestais que cuidam do parque foram alertados por pessoas que ouviram Taylor gritar. Os guardas mataram um dos coiotes, mas ainda estão procurando pelo outro.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Taylor foi levada de helicóptero a um hospital na cidade de Halifax, mas morreu na manhã de quarta-feira. Ela tinha ferimentos graves em todo o corpo.

Leia mais:

Imagem de destaque
Passou por mais uma cirurgia

Faustão: Para quem fez um transplante do coração, o de rim é mais tranquilo, diz o apresentador

Imagem de destaque
"Tive muita sorte de sair vivo"

Ator de '50 Tons de Cinza' precisou ser internado após contato com lagartas

Imagem de destaque
Shannen Doherty

Com câncer, atriz de 'Barrados' faz lista de quem não entrará em funeral

Imagem de destaque
Doença de Crohn

Evaristo Costa segue internado na UTI sem previsão de alta, diz boletim


Ataques raros

Publicidade


Segundo os guardas, os coiotes estavam extremamente agressivos quando eles chegaram à cena.


Mitchell era vista como uma estrela em ascensão na cena folk canadense. No começo do ano, ela foi indicada na categoria de jovem talento no prêmio Canadian Folk Music Award.

Publicidade


A agente de Mitchell disse ao jornal canadense The Chronicle Herald que a cantora havia recém retirado sua carteira de motorista e planejava viajar de carro.


Formada em música e teatro, a cantora havia lançado este ano o seu primeiro disco, For Your Consideration. Mitchell havia interrompido suas apresentações para escrever novas músicas para seu disco. Esse foi o motivo pelo qual ela foi fazer a trilha no parque de Cape Breton.


"Ela amava os bosques e tinha uma afinidade profunda com a sua beleza e serenidade", disse a agente Lisa Weitz ao jornal.

Os coiotes são típicos da América do Norte e Central. Um biólogo disse ao jornal que ataques de coiotes são extremamente raros.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade