Pesquisar

Canais

Serviços

- Escola Mercedes Madureira/Facebook
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Soltou outro suspeito

Justiça mantém preso rapaz que arrombou escola municipal

No Shangri-lá
07 jan 2019 às 08:04
Continua depois da publicidade

A juíza Adriana Carrilho Dana Persiani determinou a prisão preventiva - aquela que vale por tempo indeterminado - de Geovani Furquim Rosa, 22 anos, detido pela Guarda Municipal na madrugada do dia 2 de janeiro por ter arrombado a Escola Municipal Mercedes Martins Madureira, na rua Darcírio Egger, no jardim Shangri-lá, zona oeste de Londrina. A decisão saiu em audiência de custódia realizada na tarde da última quinta-feira (3).

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Rosa foi preso em flagrante junto com Vitor Lopes dos Santos, 21, que vai usar tornozeleira eletrônica. Eles foram flagrados por câmeras de monitoramento da GM. Nas imagens, os dois aparecem com as camisas amarradas no rosto e saem correndo depois de arrombar uma das dependências, que fica ao lado do pátio da unidade escolar.

Continua depois da publicidade


Na 10ª Subdivisão Policial, o delegado Thiago Vicentini de Oliveira autuou a dupla por dano qualificado e, como o crime prevê pena de seis meses a três anos pelo Código Penal, arbitrou fiança de R$ 1.996,00. O valor não foi pago e os suspeitos passaram por custódia.

Esta não foi a primeira vez em 2019 que Rosa e Santos depredaram a escola do Shangri-lá. No primeiro dia do ano, eles pularam o muro e furtaram dois botijões, aparelho de som e até os alimentos que são servidos para os alunos, que voltam às aulas no começo de fevereiro.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade