21/01/21
PUBLICIDADE
Lucio Flávio
Lucio Flávio
22/02/2020 - 22:22
Imprimir Comunicar erro mais opções
O sábado de carnaval estava mais com cara de quarta-feira de Cinzas no estádio do Café já que parecia que Londrina e Rio Branco vinham de uma grande ressaca, tamanha a falta de qualidade em campo.

O 1 a 1 ficou justo pois ninguém merecia vencer mesmo. Os times muito mais erraram que acertaram. Pior para o LEC que chegou a três jogos sem vencer em casa e não conseguiu sacramentar a sua classificação.

O primeiro tempo foi uma coisa para se esquecer. Do lado Alviceleste, o único lance que mereceu destaque foi um chute do volante Anderson Carvalho no travessão. Do lado do time do litoral, uma finalização de Felipe Santos para boa defesa de Matheus Albino. E absolutamente mais nada.

Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube
Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube


O jogo foi tão fraco que até o gestor Sérgio Malucelli não aguentou e deixou o Café no início da segunda etapa. Em comparação com a primeira parte, o segundo tempo foi mais animado.

O Londrina deu mais trabalho a defesa do Rio Branco, que aproveitou bem os inúmeros erros defensivos do LEC e teve chances para ganhar o jogo. Mas a partida continuou marcada pelos erros.

Como no gol incrível que Matheus Bianqui perdeu dentro da área. Do lado do LEC, Lucas Costa salvou dois gols certos do time parnanguara.

E como não podia ser diferente os gols saíram de vacilos. Aos 23, o garoto Zé Pedro marcou o seu primeiro gol no profissional ao aproveitar um escanteio. O zagueiro alviceleste finalizou dentro da pequena área observado pelos dois zagueiros da equipe de Paranaguá.

O Londrina havia achado o gol, mas não conseguiu segurar a vantagem que lhe daria a classificação para a segunda fase. O técnico Tcheco colocou em campo Osmar e o veterano e rechonchudo Willian Batoré.

O primeiro cruzou e o ex-camisa 9 do Santos e do Coritiba mostrou o velho faro de gol, aos 33 minutos. Mesmo aos 36 anos e bem longe da forma física ideal, se antecipou a Lucas Costa e empatou.

No fim, outra atuação muito ruim do Londrina e vaias dos 882 heróis que foram ao chuvoso estádio do Café. Resta torcer para que o time continue pontuando fora de casa e repita isso contra o Paraná e o FC Cascavel para selar a classificação.
COMENTÁRIOS
Yuri Sukebee
O problema é que ninguém liga pra Bahia.
- 28/02/20 13:10:50
pedro luiz
Lá na Bahia se diria assim = eita timim ruim da peste..
- 24/02/20 15:06:05
COMENTE ESTE POST

 Caracteres restantes : 2000
Lucio Flávio
 
Formado em Comunicação Social/Jornalismo. Repórter da Rádio Paiquerê AM desde 1997 e da Folha de Londrina desde 2012. Participa de coberturas esportivas nacionais e internacionais



Sites Sugeridos
 
ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
PUBLICIDADE
 
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados