Pesquisar

Canais

Serviços

Reprodução/LEC
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Antônio Carlos Gomes é a melhor contratação que o LEC poderia fazer

Lucio Flávio Cruz
23 dez 2021 às 17:03
Continua depois da publicidade

A chegada de Antônio Carlos Gomes ao Londrina eleva o patamar do clube e abre a possibilidade do Tubarão realmente se profissionalizar em todos os setores e departamentos. O LEC precisa deste salto de qualidade para alçar voos maiores. 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Gomes dispensa apresentações e é uma das maiores autoridades em Ciências do Esporte do mundo. "Já conquistei muita coisa com equipes do mundo inteiro e agora é o momento de dar minha colaboração ao Londrina". 

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Se não fosse por este sentimento de querer trabalhar no clube da sua cidade, da sua terra, jamais o LEC teria condições financeiras de contratar um profissional do gabarito de Antônio Carlos Gomes. 


Além da satisfação de prestar serviço ao seu clube, o professor formdo na UEL e doutor pela Universidade Nacional da Rússia, tem muito a ensinar e agregar ao Tubarão. Se ele conseguir implementar o mínimo que seja do seu conhecimento e experiência no campo científico do esporte, o Londrina será melhor em pouco tempo. 

Continua depois da publicidade


Gomes liderou o processo de reestruturação esportiva e científica do Athletico no início dos anos 2000. Duas décadas depois, o rubro-negro subiu muitos patamares na escala do futebol brasileiro. 


"Depois dos conceitos colocados em prática, o Athletico jamais voltou ao patamar anterior, de clube pequeno". O londrinense fez isso também no Corinthians. Foi peça chave para que Ronaldo jogasse em alto nível quando chegou ao Parque São Jorge. 


O futebol, como qualquer outra modalidade de alto rendimento, necessita de organização, planejamento, dinheiro, trabalhos conjugados e métodos científicos. Sem ciência não vamos a lugar nenhum. Ou vamos. Para o buraco. Seja no esporte ou na vida. 


Antônio Carlos Gomes chega para criar um departamento científico no LEC e interligá-lo as áreas de medicina, fisioterapia, fisiologia, preparação física, nutrição e por aí vai. O Londrina jamais teve isso até hoje. E em um futebol cada vez mais competitivo e igual, uma mínima diferença, uma vantagem fora de campo pode ser decisiva para uma classificação, um acesso, um título. 


O grande desafio de Gomes, provavelmente não será colocar em prática seus conceitos, já que para isso ele sabe demais. Será mudar a nossa cultura. Da torcida, da imprensa e, principalmente, a cultura centralizadora que impera no Londrina de 2011 para cá. 


"O simples fato de abrir o clube para este tipo de trabalho, mostra uma mudança cultural. E isso me atraiu. 

Será preciso um pouco de paciência por parte de todos. Nem sempre o resultado acontece de imediato, mas posso garantir que o Londrina será melhor após a implementação das nossas ideias". 


No futebol, o principal ainda continua sendo o resultado, a conquista. E isso não se faz sem time bom. Mas um time competitivo depende cada vez mais de uma boa estrutura fora de campo. E o Londrina parece que finalmente abriu os olhos para isso. 


Que a gestora do futebol alviceleste mantenha em pé a nova filosofia para 2022 e dê todo o tempo e condições necessárias para que Antônio Carlos Gomes possa iniciar esta transformação que o clube necessita.


Não sabemos ainda todas os reforços que o LEC trará para o próximo ano, mas certamente não teremos nomes famosos e de altos salários.


Diante deste cenário, não tenho dúvidas em dizer que a contratação de Antônio Carlos Gomes é a mais importante do Tubarão nos últimos anos. Gomes é craque no que faz!

Continue lendo