Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Show de bola e fim do jejum na Arena

12 mai 2021 às 17:52
Continua depois da publicidade

Mesmo o torcedor mais desavisado do Londrina tem que estar orgulhoso do desempenho da equipe na vitória histórica desta quarta-feira (12) por 2 a 1 sobre o Athletico, na Arena da Baixada.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

O primeiro tempo do Londrina foi quase perfeito. Poderia tranquilamente ter devolvido os 5 a 0 que tomou nos 45 minutos iniciais no ano passado na última vez que esteve no estádio atleticano.

Continua depois da publicidade


O volume do LEC foi absurdo. 12 finalizações, bola na trave, dois gols e nenhuma chance ao rival, que não chegou nenhuma vez no gol de Dalton.


Aliás, o goleiro, com três defesas sensacionais no segundo tempo, Luiz Henrique, autor de um golaço, e Adenílson, que fez o segundo, tiveram atuações de luxo e conduziram o time para quebrar um tabu que já durava 27 anos. Mandou para o espaço também o fato de nunca ter vencido na nova Arena, inaugurada em 1999.

Continua depois da publicidade


Claro que o segundo tempo até assustou em alguns momentos - Jajá descontou aos 40 e o Athletico pressionou no final -, mas era quase impossível repetir o desempenho da primeira etapa. No fim, o Londrina não merecia nunca perder este jogo. Como não perdeu.


Não é sempre que se ganha da dupla Atletiba em um intervalo de três dias. E uma sequência como esta não dá para ser desprezada. Não há dúvidas, que o LEC muda de patamar no Paranaense e pode brigar por coisas maiores na competição.

São três vitórias consecutivas, sete gols marcados e apenas um sofrido. Embalo necessário e no momento de definição da competição. O futebol voltou a sorrir para a galera alviceleste.


Continue lendo