Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Espumante Brasileiro

14 dez 2016 às 17:02
Continua depois da publicidade
Espumante brasileiro
Entre amigos, comentava da última passagem pela região sul, na tarefa de acompanhar a safra das regiões produtoras. Alguns perguntaram como estão os espumantes brasileiros...A resposta é simples: muito bons! Na verdade, é uma grande satisfação poder dizer isso. Mesmo tendo como referência os Champagnes e Cremants na França, temos sensações agradabilíssimas, pois o padrão que se obtém no Brasil é excelente! Veio a ideia de organizar uma degustação às cegas (provamos cada uma delas com a garrafa embrulhada em papel alumínio, fizemos anotações e, ao final, tiramos e identificamos cada garrafa (seria necessário no mínimo uns 40 exemplares nacionais tamanha a nossa diversidade).O resultado foi pouco diferente em relação à expectativa. Alguns mais interessantes que outros. Este método é muito utilizado no mundo todo, proporciona uma boa noção do produto sem a influência do rótulo, comparando-os dentro de um grupo.Provados em taça tipo tulipa (de bojo largo): Gaúchas:- Cave Geisse - Amadeu branco (Pinto bandeira): método Champenoise, bela perlage, pequena e consistente, com visual amarelo bem claro, brilhante. Riqueza em aromas: frutas tropicais, torrada, baunilha. No paladar, bom corpo, ótimo frescor, acidez excelente;
- Casa Valduga - Arte branco (Vale dos Vinhedos): método Champenoise, sem dúvida um belo exemplar, conjunto harmônico. Coloração, aromas e paladar, uma bela relação, especial;
- Pizzato - Fausto branco brut (Vale dos Vinhedos): método Champenoise, bela cor palha claro, perlage rica, pequena e abundante. Aroma intenso de frutas, bom corpo, cremoso, elegante, longo;
- Dom Bonifácio brut (Caxias do Sul): método Charmat, uma boa surpresa. Bela cor amarelo claro e perlage fina, elegante, persistente, agradáveis aromas de frutas, mel e pão tostado. Na boca, toque de frutas e sensação de acidez e frescor.
-Aurora - Procedências brut Chardonnay (Bento Gonçalves) método Charmat, belo visual amarelo claro, boa perlage, aromas frutados e bom frescor, ótima surpresa!
-Salton - Reserva Ouro (Bento Gonçalves-Tuiuti), método Charmat. Amarelo claro, de finas e persistentes borbulhas. Aromas de pão torrado, fermento, nozes, amêndoas, flores e frutas cítricas. Na boca apresenta excelente acidez com ótima cremosidade.
-Miolo - Couvé tradition brut, método Champenoise .Amarelo palha com nuances esverdeadas, coroa elegante, perlage fina, delicado e constante. Aromas de frutas tropicais, traços de menta e toques de pão torrado. Alto frescor conferido pela sua acidez equilibrada. Boa persistência gustativa.
-Garibaldi - Chardonnay brut, método Charmat. Coloração límpida e atraente com bela perlage. Coloração amarelo palha com reflexos dourados. Aromas delicados, lembram frutas maduras, toque de pão tostado, aroma que evolui com o envelhecimento do espumante. Na boca, boa estrutura e cremosidade, com uma sensação de frescor bem equilibrado, deixando um final amável e agradável.
-Peterlongo - Presence brut, método Charmat. Coloração verde palha com reflexos dourados. Borbulhas finas e delicadas. Ao nariz, aromas frutados e florais. Pleno em boca, com final límpido e agradável. Ótima perlage.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade