Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Lamentável

Briga de torcidas de Botafogo e Santos tem 121 presos e 2 policiais feridos

- Imagem de congerdesign por Pixabay
Bruno Braz - UOL/Folhapress
27 nov 2023 às 10:44
Publicidade
Publicidade

A pancadaria entre organizadas de Santos e Botafogo na Rodovia Presidente Dutra, na tarde deste domingo (26), resultou em 121 pessoas detidas e dois policiais militares feridos.


Publicidade
Publicidade

Os ônibus com as organizadas do Santos sofreram duas emboscadas de uma organizada do Botafogo ao longo da Rodovia Presidente Dutra: uma na altura de Belford Roxo (RJ) e outra na de São João de Meriti (RJ).

Leia mais:

Imagem de destaque
Alerta

Brasil ultrapassa a marca de meio milhão de casos prováveis de dengue, com 75 mortes

Imagem de destaque
'Trabalho Infantil não Desfila no Carnaval'

Campanha alerta para os riscos do trabalho infantil no carnaval; veja como denunciar

Imagem de destaque
Um filho receberá 62,5% dos bens

Polêmico, testamento de Zagallo está de acordo com a legislação brasileira; entenda

Imagem de destaque
Mais de 1,4 milhões de usuários

Celular Seguro: 20 mil aparelhos são bloqueados após envio de alertas


A primeira emboscada foi feita por cerca de 100 integrantes de organizadas do Botafogo, que efetuaram disparos e atiraram pedras contra os ônibus e as viaturas da Polícia Militar-RJ que faziam a escolta do comboio. Os policiais revidaram aos tiros e conseguiram rechaçar o ataque.

Publicidade


A segunda emboscada aconteceu na entrada da Linha Vermelha e foi quando os integrantes das organizadas do Santos desceram dos ônibus e foram para um intenso confronto físico, interditando uma das vias. Segundo a PM, o Choque do Bepe (Batalhão Especializado de Policiamento em Estádios) utilizou armamentos de menor potencial ofensivo para conter a pancadaria.


A Polícia Militar informou que 121 pessoas foram conduzidas ao Jecrim (Juizado Especial Criminal), escoltadas em seus ônibus pelas viaturas da PM.

Publicidade


A Polícia Militar informou que a forte colisão de um dos ônibus das organizadas do Santos em uma viatura da PM aconteceu após uma tentativa de fuga de um veículo do comboio santista. Mais cedo a Polícia Rodoviária Federal detalhou ao UOL uma versão um pouco diferente, dizendo que a batida ocorreu depois que o coletivo foi apedrejado e o motorista perder a direção.


O acidente culminou em dois policiais militares feridos, que foram encaminhados ao Hospital Geral de Nova Iguaçu, no Bairro da Posse. Segundo a PM, o quadro deles é estável.

Publicidade


Confira a íntegra da nota oficial da PM


"A Secretaria de Estado de Polícia Militar por meio do Batalhão Especializado em Policiamento em Estádios (BEPE), conduziu 121 pessoas ao Juizado Especial Criminal (JECRIM) do Estádio Nilton Santos, após um confronto entre torcedores de Santos e Botafogo, na Rodovia Presidente Dutra, no trecho da Baixadas Fluminense.

Publicidade


Durante a tarde deste domingo (26/11), os ônibus contendo torcedores do Santos, que estavam sendo escoltados pela equipe do BEPE desde o município de Barra do Piraí, no Sul Fluminense foram alvos de uma emboscada organizada por cerca de 100 torcedores do Botafogo, que acessaram a referida via na altura de Belford Roxo.


De acordo com o comando do BEPE, disparos foram efetuados contra a guarnição que revidou. Houve confronto e tanto as equipes de escolta como os coletivos, que transportavam os torcedores da equipe santista foram atacados por pedras arremessadas por integrantes da torcida organizada Fúria Jovem.

Publicidade


A equipe de escolta do BEPE conseguiu rechaçar o ataque e os ônibus puderam novamente seguir viagem em direção ao Estádio Nilton Santos, quando em outro ponto da Dutra, no trecho de São João de Meriti, houve uma segunda emboscada de torcedores do Botafogo, dessa vez na entrada da Linha Vermelha.


Nesse episódio, os torcedores do Santos desembarcaram dos ônibus e houve um intenso confronto entre os membros das torcidas organizadas de ambas as equipes. Agentes da força de Choque do Bepe atuaram com uso de armamento de menor potencial ofensivo afim de conter as agressões.

Publicidade


Na ação, dezenas de torcedores foram presos por agentes da Polícia Militar. Nessa mesma ocorrência, dois policiais militares ficaram feridos, no momento em que o motorista de um dos ônibus do Santos arrancou com o veículo , na intenção de fugir do local do confronto, vindo a colidir com a viatura do BEPE.


Os policiais foram socorridos para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, no bairro da Posse. O quadro de saúde deles é considerado estável. Ao todo, 121 pessoas foram encaminhadas ao Juizado Especial Criminal do Estádio Nilton Santos, no Engenho de Dentro, na Zona Norte do Rio de Janeiro.


Cabe ressaltar que em todas as partidas de futebol realizadas no Estado do Rio de Janeiro, os agentes do Batalhão Especializado em Policiamento em Estádios (BEPE) realizam a escolta da torcida visitante, desde às dividas do Estado do Rio de Janeiro até o estádio em que será realizada a partida".


Imagem
Santos arranca empate no fim do jogo contra o Botafogo, que vai a 8 jogos sem vencer
Faltando três rodadas do término do Campeonato Brasileiro, o Botafogo ficou no empate em casa (1 a 1) contra o Santos
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade