Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
No Calçadão

Dia Mundial do Fusca reúne apaixonados por carros antigos em evento em Londrina

Walkiria Vieira - Grupo Folha
17 jun 2024 às 09:15
- Walkiria Vieira
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O Calçadão de Londrina ganhou até tapete vermelho para celebrar o "Dia Mundial do Fusca" no último domingo (16). 


O Encontro de Carros Antigos organizado pelo "Aircooled 043 @aircooled.043 e Antigos" contou com exposição de diversas marcas e modelos de veículos, souvenirs, praça de alimentação e atraiu centenas de visitantes durante todo o dia. Tudo por conta dele, o Fusca.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O design, a robustez e a mecânica bem resolvida são parte da fama do quatro rodas que ostenta 89 anos de sua criação e uma popularidade que se renova por gerações. Criado na Alemanha, pela Volkswagem, em 1935, chegou ao Brasil em 1959 e foi comercializado até 1988. Ressuscitado pela Volks em 1993, saiu da linha de produção, de vez, em 1996. 

Leia mais:

Imagem de destaque
CORRIDA ELEITORAL

Com vice do PC do B, PT oficializa Isabel Diniz como candidata à Prefeitura de Londrina

Imagem de destaque
Comércio de Londrina

Com promoções, lojistas festejam o Dia da Duque à espera da revitalização

Imagem de destaque
Peabiru

PRE apreende eletrônicos e mais de 200 vinhos importados em rodovia no PR

Imagem de destaque

Paraná passa RS e se consolida como maior produtor de malte do Brasil


Do desejado Herbie, um Volkswagen Fusca 1963, branco pérola, quem esteve no Calçadão teve a oportunidade de ver de perto raridades como o modelo de 1969 que pertenceu ao ex- governador José Richa.

Publicidade


ADMIRÁVEL BRINQUEDO NOVO


Presente à festa do Fusca, a F100 ano 1961 ganhou lugar de destaque, não por acaso. O veículo é simplesmente uma raridade pela cor, mecânica e diferenciais. O motor V8 5.0 e o estilo hot não tem preço, mas sua avaliação ultrapassa os R$ 300 mil.

Publicidade


Cercada de pessoas, a imponente F100 tem por perto os olhos do proprietário, o contador Marco Antonio Silva. Ele admite que basta sair da garagem que a F100 se destaca. Rebaixada, verde e de detalhes impecáveis, a convidada ganhou status de protagonista também no Dia Mundial do Fusca. 


"Foram sete anos de restauração", resume Silva. Sobre a cor, explica que era de um palmeirense. "Mantive, pois também sou palmeirense", sorri.


Leia a reportagem completa na FOLHA DE LONDRINA:


Imagem
Dia Mundial do Fusca reuniu apaixonados por carros antigos em Londrina
Descubra como foi o Dia Mundial do Fusca em Londrina, com exposições de carros antigos, a história do Fusca e a participação de entusiastas.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade