Pesquisar

Canais

Serviços

Pixabay
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Ano novo tranquilo?

Especialista dá dicas de como evitar dívidas no início de 2022

Bárbara Santos - Estagiária*
30 nov 2021 às 09:37
Continua depois da publicidade

Natal, confraternizações, ano novo, férias, impostos… O período de dezembro e janeiro acumulam gastos adicionais no orçamento e, para não começar o próximo ano acumulando dívidas, é necessário gerenciar suas finanças. 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Uma pesquisa feita pelo SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) estimou que 39,5% dos brasileiros anotam seus gastos extras (festas, serviços estéticos, presentes, entre outros), mas somente 17% se preparam financeiramente para esse período do ano.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Compreender quais são as dívidas e despesas para que elas não extrapolem o valor do salário é o primeiro passo para criar o hábito de planejar as finanças. 


Embora a princípio pareça algo burocrático, o professor de Administração e Ciências Contábeis da Pitágoras Unopar, Fábio Hermann, explica que é um processo necessário e que deve ser encarado com algo natural. ‘’Pode ser em uma planilha digital, aplicativos ou no caderninho, se organizar e deixar claro as despesas e rendimentos é possível entender o quanto sobra para gastar no fim de ano’’, explica.


Veja mais dicas na Folha de Londrina.


Continue lendo