29/01/20
32º/19ºLONDRINA
PUBLICIDADE
Projeto de Lei

Cindepar recebe novos maquinários para recape asfáltico

Nesta sexta-feira (28), o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, foi o anfitrião da solenidade de entrega de novos equipamentos para o Consórcio Público Intermunicipal de Inovação e Desenvolvimento do Estado do Paraná (Cindepar). A cerimônia foi realizada no Parque de Exposição Governador Ney Braga e contou com a presença dos ministros de Estado da Integração Nacional do governo federal, Helder Zahluth Barbalho; da Saúde, Ricardo Barros; e da Justiça, Osmar Serraglio; do governador do Paraná, Beto Richa; do deputado federal Alex Canziani e outras autoridades.

No momento, Londrina conta com um Projeto de Lei tramitando na Câmara de Vereadores para integrar o Consórcio Público. Se aprovado, será a maior cidade a integrar o consórcio e contará com um esquema especial para as obras de micropavimentação, onde serão deslocados servidores e os maquinários necessários.


Para o prefeito Marcelo Belinati, associar Londrina ao Cindepar é uma solução criativa e inovadora, que vai possibilitar, com planejamento, fazer a reconstrução da malha asfáltica da cidade nos próximo quatro anos. "Esse é um dos problemas mais graves da cidade, porque nossos levantamentos apontam que 60% da malha asfáltica de Londrina está deteriorada, precisando de manutenção. Por isso, precisamos encontrar as soluções para sanar este problema e essa associação ao consórcio é uma delas", afirmou.

Na solenidade, foram entregues oito máquinas utilizadas para a pavimentação e recape asfáltico. O recurso financeiro na ordem de R$ 2,5 milhões advém do Ministério da Integração Nacional, por meio da emenda parlamentar do deputado federal Alex Canziani e do senador da República, Álvaro Dias. Além desse valor, o consórcio aplicou a contrapartida de R$ 385 mil.

Atualmente, o consórcio público conta com 16 máquinas e equipamentos, três usinas de micropavimentação, uma usina de pré-misturado a frio (PMF), dois caminhões, uma destocadora, uma extrusora, dois rolos compactadores e dois tanques-pipas, que somam mais de R$ 4,5 milhões.

O ministro da Integração Nacional do governo federal, Helder Zahluth Barbalho, explicou que as máquinas vieram demonstrando a parceria do governo federal com os municípios do interior, a fim de estimular o desenvolvimento social e econômico dos municípios. "Nós desejamos firmar parceria que possam levar desenvolvimento aos municípios e todas as regiões do País. E o Paraná faz o seu trabalho no sentido de apresentar os projetos. O consórcio é um instrumento que otimiza a utilização dos recursos e faz com que eles possam chegar, da maneira mais ampla possível, para todos e continuará sendo assim com o Ministério da Integração Nacional, para trazermos mais desenvolvimento às cidades", disse.

Ao todo, 123 municípios participam do Cindepar criado em 2013, para atender às demandas de pavimentação asfáltica nos municípios da região norte e central do Estado. Hoje, as Prefeituras integrantes também estão investindo em ações de intercâmbio de informações e cooperação técnica, científica, acadêmica e cultural e em cursos de capacitação e aperfeiçoamento dos integrantes.

De acordo com o governador do Paraná, Beto Richa, a entrega dos maquinários deixa a marca de uma administração municipalista por parte do governo estadual, em que as cidades do interior podem contar com o apoio do governador para colocar em prática as iniciativas de seus prefeitos. "É muito bom ver a união dos municípios em um consórcio que surgiu com apenas 11 cidades do norte do Estado, passou por 123 e chegou a 135 municípios. Os prefeitos estão enxergando a importância dessa união e do consórcio, sobretudo para a pavimentação asfáltica, onde se consegue através das máquinas de micropavimento chegar a redução em quase três vezes o custo de pavimentação asfáltica nos municípios", explicou.

Durante a entrega, o deputado federal Alex Canziani falou a respeito da assinatura para a liberação da usina de emulsão asfáltica, localizada na cidade de Astorga, para o uso do consórcio através do governo do Estado. "Vai ser mais uma ação inovadora para atendermos os municípios do Paraná em parceria com o governo do Estado. O custeio das ações é uma parceria do governo federal, com o Estado, nosso gabinete e os municípios, para que a gente possa atender melhor as nossas comunidades. Hoje é um dia memorável, porque marca um dia em que vemos que é possível fazer dar certo e realizar o sonho dos prefeitos."

O prefeito de Astorga e presidente do Cindepar, Antonio Carlos Lopes, explicou que o consórcio é um instrumento que os municípios do interior têm para fazer a recuperação de sua malha asfáltica. "No início, o consórcio fazia apenas a recuperação das ruas. Agora, com o maquinário novo será permitido que recuperemos as ruas esburacadas, mas também asfalto novo dentro do perímetro urbano", contou.

Estiveram presentes na solenidade diversas autoridades como os deputados federais Sérgio Souza e Alex Canziani; os deputados estaduais Tiago Amaral, Alexandre Curi, Tião Medeiros e Cobra Repórter; o secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, José Richa Filho; o secretário de Estado de Segurança Pública e Administração Penitenciária, Wagner Mesquita; o coordenador Estadual de Proteção e Defesa Civil e secretário Chefe da Casa Militar, coronel Adilson Castilho Casitas; o presidente da Sociedade Rural do Paraná, Afrânio Brandão; o presidente da Amepar, Luiz Nicácio; além de prefeitos integrantes do consórcio e da região; do representante da Câmara de Vereadores de Londrina, Mário Takahashi; do secretariado municipal; autoridades da Polícia Militar e convidados.
Redação Bonde com N.Com
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
comentários
Continue lendo
Plano Anual de Financiamento

Dívida pública pode alcançar até R$ 4,75 trilhões em 2020

Veja mais e a capa do canal