Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Novo Comandante

Delazari confirma comando do Corpo de Bombeiros

Redação - Bonde
07 jan 2004 às 20:08
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O secretário de Estado da Segurança Pública, Luiz Fernando Delazari, confirmou na manhã desta quarta-feira o coronel Mario Yoshio Wako como novo comandante do Corpo de Bombeiros do Paraná.

Delazari orientou o novo comandante para que continue trabalhando "com intensidade e muita vontade" dentro da corporação, mesmo tendo de enfrentar os problemas de defasagem material e de recursos humanos existentes hoje na segurança pública.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O novo comandante do Corpo de Bombeiros do Paraná afirmou estar honrado com a confiança depositada em seu trabalho pelo governo do Estado. "Faremos o que for possível para atender as expectativas e contribuir para o bem da corporação e do cidadão que dela precisa", disse o coronel Yoshio.

Leia mais:

Imagem de destaque
Biblioteca e teatro

Prédios históricos da área central de Londrina amanhecem com sinais de fogo

Imagem de destaque
Após abaixo-assinado

Memorial em homenagem a vítimas de feminicídio é retirado da Câmara de Londrina

Imagem de destaque
Solidariedade

Voluntárias do Santuário da Vila Nova de Londrina confeccionam e doam toucas de lã para RS

Imagem de destaque
Precisa-se de voluntários

Defesa Civil de Londrina volta a receber doações para o Rio Grande do Sul


Histórico – No currículo do coronel Yoshio consta uma vasta experiência no Corpo de Bombeiros do Paraná. Ele é formado desde 1974 pela Academia Policial Militar do Guatupê, no curso de Formação de Oficiais.


Foi o responsável pela instalação do Corpo de Bombeiros em Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba, onde foi comandante. Wako comandou também o Corpo de Bombeiros de Guarapuava entre os anos de 1985 e 1988.

Além disso, chefiou ainda o 4.º Grupamento de Bombeiros em Cascavel, entre os anos de 1994 e 2000, e o 6.º GB em São José dos Pinhais, entre 2000 e 2002. Entre março de 2002 e janeiro de 2003, foi chefe do Estado-Maior do Corpo de Bombeiros e atualmente ocupava o cargo de subcomandante da corporação.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade