Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Terá 60 leitos

Hospital do Câncer de Londrina irá receber R$ 12 mi da prefeitura para construção da nova unidade

Reportagem Local
09 mai 2024 às 18:17
- Roberto Custódio
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O HCL (Hospital do Câncer de Londrina) vai receber nesta sexta-feira (10) o primeiro repasse dos recursos para início da construção da nova unidade de cuidados paliativos. Trabalho de articulação da deputada federal Luísa Canziani (PSD-PR) garantiu R$ 12 milhões de recursos do governo federal, já pagos pelo Ministério da Saúde. O montante está depositado na conta do Fundo Municipal de Saúde. O repasse simbólico será feito durante solenidade no gabinete do prefeito Marcelo Belinati, às 8h30.


Na ocasião, a diretoria do HCL também irá apresentar o projeto da unidade, que será construída na zona leste, nas proximidades da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná). O terreno foi doado pela Prefeitura de Londrina com aprovação da Câmara de Vereadores. Serão 60 novos leitos dedicados exclusivamente aos pacientes em cuidados paliativos do hospital. A construção da nova unidade do Hospital do Câncer de Londrina foi anunciada no início de fevereiro.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


“Estudos internacionais apontam que o Brasil é um dos piores países do mundo para se morrer. Esse é um dado que me toca profundamente porque acredito que precisamos dar dignidade aos pacientes e seus familiares que estão enfrentando uma doença terminal ou que ameaça a sua vida”, destaca a deputada, que lidera as discussões sobre a importância dos cuidados paliativos como política pública na Câmara dos Deputados.

Leia mais:

Imagem de destaque
"Criança não é mãe"

Londrinenses protestam no Calçadão contra PL sobre aborto

Imagem de destaque
Rodovia

Motociclista morre em colisão traseira com BMW na PR-445 em Londrina

Imagem de destaque
Prata

Estudantes londrinenses são premiados em Olimpíada de Tecnologia

Imagem de destaque
Trânsito

Ponte ao lado do parque Arthur Thomas em Londrina será interditada a partir de sábado


O termo “cuidados paliativos” foi definido pela Organização Mundial de Saúde e consiste em uma abordagem que defende a qualidade de vida de pacientes - e de seus familiares - com doença que ameaça a continuidade da vida, por meio da prevenção e do alívio do sofrimento. O tratamento é feito por equipe multidisciplinar e tem por objetivo obter o diagnóstico precoce para tratamento da dor e demais sintomas físicos, sociais, psicológicos e até mesmo espirituais.

Publicidade


ATENDIMENTOS


O Hospital do Câncer é referência para 166 municípios do Paraná e atendeu mais de 1,2 milhão de pessoas no ano passado - cerca de 2,5 mil atendimentos por dia - sendo que mais de 90% dos atendimentos são de usuários do Sistema Único de Saúde. O serviço de cuidados paliativos no HC existe há mais de dez anos e conta com apenas dez leitos em unidade de internação própria no hospital e equipe multidisciplinar.

(Com informações da assessoria)


Imagem
Prefeitura repassa R$ 12 mi ao HCL para construção da nova unidade
HCL inicia construção de unidade de cuidados paliativos em Londrina com investimento de R$ 12 milhões do governo federal.
Imagem
Londrina: número de mortes por dengue nos cinco primeiros meses do ano é o mesmo de todo 2023
Em menos de cinco meses Londrina registrou o mesmo número de mortes por dengue que todo o ano passado: 29. O boletim semanal da secretaria municipal de Saúde confirmou mais dois óbitos em decorrência da doença. As vítimas são duas mulheres.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade