Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
29 mortes

Londrina: número de mortes por dengue nos cinco primeiros meses do ano é o mesmo de todo 2023

Pedro Marconi - Grupo Folha de Londrina
09 mai 2024 às 16:02
- National Institute of Allergy and Infectious Diseases na Unsplash
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Em menos de cinco meses Londrina registrou o mesmo número de mortes por dengue que todo o ano  passado: 29. O boletim semanal da secretaria municipal de Saúde confirmou mais dois óbitos em decorrência da doença. As vítimas são duas mulheres. Uma tinha 93 anos, possuía hipertensão arterial e estava em cuidados paliativos, moradora da zona norte. A outra, de 31 anos, era obesa e vivia na região central.


O número de casos aumentou 11,8% entre uma semana e outra, passando de 19.370 para 21.659, número que a cidade demorou pouco mais de seis meses para atingir em 2023. Desde janeiro foram 47.622 notificações, com 10.319 registros descartados e 15.644 aguardando análise.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Em entrevista recente à FOLHA, o secretário municipal de Saúde destacou que a equipe técnica da pasta tem observado o platô da evolução da dengue, ou seja, estabilização. Entre a primeira e a segunda semana de abril, por exemplo, a quantidade de positivações foi de 21,2%. “A população precisa manter o sinal de alerta, manter todos os cuidados básicos aos quintais. Infelizmente não contamos agora com a presença do frio, que seria um importante aliado no sentido de quebrar a cadeia de transmissão viral”, advertiu Felippe Machado.

Leia mais:

Imagem de destaque
Patrocínio insuficiente

Associação encerra contrato e FILO 2024 será reagendado para dezembro

Imagem de destaque
"Chuva gerou atrasos"

Reforma do alambrado do Parque Arthur Thomas ganha prazo extra de dois meses

Imagem de destaque
Nesta manhã

Com 5ºC, Londrina registra o dia mais frio do ano nesta quarta-feira

Imagem de destaque
Solidariedade

Rede de mulheres sambistas de Londrina se mobiliza pelo Rio Grande do Sul


PARANÁ

Publicidade


No Paraná, desde o começo do atual período epidemiológico, em julho do ano passado, foram contabilizados 239 óbitos, 331.804 casos confirmados e 628.378 notificações. As cidades com mais casos, levando em conta os últimos dez meses, são Londrina, Cascavel (21.063), Apucarana (17.146), Maringá (16.719) e Francisco Beltrão (12.236).


Em todos o Estado, somente o município de Agudos do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, não tem positivação de moradores com a doença. A cidade tem cerca de dez mil habitantes.


CONTINUE LENDO NA FOLHA DE LONDRINA


Imagem
Londrina registra em cinco meses mesmo número de mortes de todo 2023
Desde janeiro 29 pessoas perderam a vida em decorrência da doença na cidade; casos confirmados passam dos 21 mil
Imagem
Polícia Civil cumpre mandado contra acólito de igreja suspeito de abusar de adolescentes em Maringá
O Nucria (Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes) em Maringá deu cumprimento
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade