Pesquisar

Canais

Serviços

Cedida/ Rodolfo Salloum
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Transtorno

Temporal causa alagamento e queda de energia em partes de Londrina

Vítor Ogawa, Guilherme Marconi e Rafael Machado - Grupo Folha
29 dez 2021 às 18:13
Continua depois da publicidade

A chuvarada que atingiu Londrina no fim da tarde desta quarta-feira (29) atingiu algumas regiões de Londrina. No centro da cidade houve precipitação de granizo. Uma imagem cedida pelo jornalista Rodolfo Salloum mostra o alagamento formado no cruzamento da avenida Juscelino Kubitscheck com a a Alameda Júlio de Mesquita. 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Também há notícias de alagamento da Avenida Dez de Dezembro nas proximidades do IML (Instituto Médico-legal), na rua Goiás (entre as ruas Pernambuco e rua João Cândido) e na rua Belém, esquina com a rua Guaranis. Houve levantamento de asfalto na avenida Duque de Caxias, nas proximidades com a rua Amapá.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


A reportagem entrou em contato com a Defesa Civil, com a CMTU (Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização de Londrina), com os Bombeiros e com a Copel (Companhia Paranaense de Energia) e por enquanto ainda estão acompanhando os desdobramentos desse temporal. Segundo Pedro Ramos, Secretário da Defesa Social, a pasta ainda está recebendo informações sobre os danos provocados pela chuvarada. Ele afirou que houve notícia de destelhamento de uma casa na região central da cidade, mas ainda não forneceu o endereço para a reportagem.


A assessoria de imprensa da Copel informou que 3,4 mil domicílios sem luz em Londrina, a maior parte em um circuito que atende parte da região central da cidade - nas imediações do Jardim Presidente, parte da Higienópolis, avenida Bandeirantes e Vila Ipiranga. Equipes já estão em campo para inspecionar as redes e promover a manutenção. Há equipes também na região do aeroporto.


Continue lendo na Folha de Londrina.

Continue lendo