Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

IGP-M encerrará 2005 com o 2º menor resultado da história

Alex Agostini - economista-chefe da Global Invest
30 ago 2005 às 13:04
Continua depois da publicidade

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

As consecutivas quedas registradas pelo IGP-M desde maio deste ano têm ocorrido tanto pelo recuo constante nas cotações dos grãos determinadas no mercado internacional quanto pela valorização do Real, além do elevado nível da taxa de juros, proporcionado a queda dos preços em todas as fases de produção: i) Matérias-primas Brutas (-0,83%); ii) Bens Intermediários (-1,05%) e; iii) Bens Finais (-0,68%), fato este que revela a perda de dinamismo do setor fabril nos últimos meses, mesmo que moderadamente.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Quanto ao reajuste dos combustíveis, há razões suficientes para a Petrobras fazê-lo ainda este ano e isso não comprometerá de forma significativa o cumprimento da meta de inflação de 2005. Melhor! Caso o reajuste ocorra até 1º de dezembro, o Copom terá maior flexibilidade para reduzir a taxa de juros básica, pois não haverá contaminação na inflação de 2006.


Acompanhe nossas projeções para o IGP-M e IPCA.

[ relatório completo ]


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade