Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Chuvas e vendavais

4,7 mil pessoas foram afetadas pelo mau tempo no Paraná

Maigue Gueths - Redação Bonde
05 jun 2012 às 10:48
- Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Coordenadoria da Defesa Civil do Paraná já contabiliza 4.736 pessoas afetadas pelas chuvas que caem em todo o estado pelo menos há dois dias, castigando com mais intensidade 13 municípios do estado. Até esta segunda-feira (5) de manhã, 631pessoas tiveram que ser retiradas de suas casas por causa de alagamentos, 442 casas foram danificadas e seis ficaram completamente destruídas, sendo cinco em Tunas do Paraná, na Região metropolitana de Curitiba e uma em Nova Tebas, no Norte.

O município mais afetado é Tunas do Paraná. Segundo a Defesa Civil, cerca de 2 mil pessoas foram afetadas pela chuva na cidade e cinco residências foram destruídas por um vendaval. Muitas famílias estão abrigadas no Ginásio Município.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Em Guaratuba, no Litoral, o rio Cubatão transbordou , atingindo 1,5 mil pe3ssoas em bairros próximos.

Leia mais:

Imagem de destaque
Garantindo a manutenção

Paraná: Sanepar vai investir R$ 11,2 bilhões em obras até 2028 para universalizar saneamento

Imagem de destaque
Unicentro de Guarapuava

Nova espécie de abelha é descoberta por professora no Paraná

Imagem de destaque
Remuneração será mantida

Desembargador que chamou mulheres de 'desesperadas por homens' é afastado pelo CNJ

Imagem de destaque
Sem licença ou origem legal

Polícia Ambiental orienta como fazer a devolução voluntária de animais silvestres


Ainda na Região metropolitana, em Almirante Tamandaré, a situação está crítica na divisa com o município de Curitiba, na região do bairro Tanguá. No bairro Pilarzinho, cerca de dez casas foram interditadas por causa de um deslizamento de terra. Pelo menos 50 pessoas tiveram que sair de suas casas. No bairro Vista Alegre, na Capital, o muro de uma casa cedeu e caiu sobre um casa, que também foi interditada.


Na Capital, segundo o Instituto Metereológico Simepar, desde a noite de dominfo até segunda de manhã, o volume de chuva chegou a 120 mm mais do que a média histórica de todo mês de junho, que é de 100 mm. Com tanta chuva, as lagoas dos parques Barigui, Tingui e São Lourenço transbordaram transformando os parques em imensas lagoas.

No domingo, segundo relatório da Defesa Civil, devido a vendaval, 94 residências foram destelhadas, afetando mais de 300 pessoas nas localidades de Vitorino, no Sudoeste, e em Reserva do Iguaçu e Pinhão, no Centro-Sul. Já em Marmeleiro, oito casas fora atingidas por uma enxurrada, desalojando oito pessoas. A idade de Iretama, no Centro-Oeste, também foi afetada.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade