Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Em feira de ciências

Aluno de escola pública ganha 5 prêmios nacionais

Redação Bonde
19 mar 2007 às 17:03
Rodrigo Luiz Bonatti conquistou o primeiro lugar na categoria Criatividade, segundo na categoria Engenharia e mais três premiações - AEN
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Um estudante da rede pública paranaense conquistou neste fim de semana cinco prêmios na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), que ocorreu na Universidade de São Paulo (USP), na capital paulista. A feira reuniu os 230 melhores trabalhos de alunos do ensino básico público e privado de todo o Brasil.

Além do primeiro lugar na categoria Criatividade, Rodrigo Luiz Bonatti, estudante do Colégio Estadual Victor Bussamann, de Campo do Tenente (Sul do Paraná), conquistou o segundo lugar na categoria Engenharia e mais três outras premiações. "Meu sonho é conseguir fazer um curso de mecatrônica", revela Rodrigo, que foi selecionado para participar da Febrace pelo projeto Educação Com Ciência, da Secretaria de Estado da Educação. Ele apresentou um robô controlado por uma luva com sensores eletrônicos.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O Educação Com Ciência de 2006 teve mais de 1.700 trabalhos inscritos. Um dos que mais chamou a atenção foi o de Rodrigo. Canos de PVC, peças de aparelhos de som, motores de impressoras, madeira, cabos e um bocado de criatividade são os ingredientes para a confecção do robô construído por ele.

Leia mais:

Imagem de destaque
Vale do Ivaí

Casal de idosos se fere em colisão com trator em Cambira

Imagem de destaque
Saiba mais

Indústria do Paraná emprega quase 39% dos imigrantes

Imagem de destaque
PR-092

Motorista morre após se envolver em atropelamento de animal silvestre e colisão frontal em Joaquim Távora

Imagem de destaque
Primeiros convocados

Resultado de concurso para Quadro Próprio do Governo do Paraná é divulgado


Rodrigo conta que muitas pessoas o incentivam durante a mostra nacional. "Elas gostavam do meu trabalho e diziam que eu tinha chance de ficar bem colocado na mostra", diz. "Nunca fiz aula de eletrônica. Desmontava tudo o que podia e às vezes até o que não podia. Fui aprendendo com o incentivo dos professores", afirma.

Publicidade


A professora de Química do Colégio Estadual Victor Bussmann, Ednéia Wenski Paulino, incentivadora do aluno, contou que percebeu a aptidão de Rodrigo quando ele foi participar do Educação Com Ciência em 2006.


A professora conta que entregou alguns eletrodomésticos quebrados para que os alunos utilizassem as peças. "Levei um susto quando Rodrigo chegou com tudo consertado: liqüidificador, centrífuga e aquecedor", lembra.


"Tive que lutar muito para que o Rodrigo participasse de feiras de ciências, pois ele achava que, por morar em uma cidade pequena, os demais alunos teriam melhores condições para desenvolver seus projetos", diz a professora. "Tudo começou no Educação Com Ciência. É muito importante o papel deste projeto", avalia.

No ano passado, seis trabalhos expostos no Educação Com Ciência foram selecionados para participar da mesma feira. "Tivemos a grata surpresa de quatro trabalhos retornarem ao Paraná com seis prêmios", conta Mário Lunardi coordenador geral do projeto. Neste ano, a comissão organizadora do Educação Com Ciência selecionou três trabalhos para participar da Febrace. (AEN)


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade