Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Aeroporto Londrina

Aviador ganha ação contra Infraero

Redação - Bonde
08 jan 2004 às 08:38
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), em Londrina, foi condenada pela 3 Turma do Tribunal Regional Federal (TRF) da 4 Região, em Porto Alegre (RS), a indenizar o proprietário de um avião que fez um pouso de emergência no Aeroporto de Londrina em 1994.

O TRF apontou que ''a conduta negligente dos funcionários da Infraero teria sido a causa das dificuldades ocorridas durante o pouso que acabaram por danificar a aeronave e colocar em risco a vida do piloto e do passageiro''. Ambos não sofreram ferimentos.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Segundo informações da assessoria de imprensa do TRF, o avião modelo Corisco, prefixo PT-NFM, de propriedade de Aristides Antônio José Makowich, partiu de Blumenau com destino a Maringá e, durante o vôo, sofreu uma pane no sistema elétrico que obrigou o piloto a tentar um pouso de emergência no Aeroporto de Londrina.

Leia mais:

Imagem de destaque
Inscreva-se

Paraná oferece 57 vagas em cursos gratuitos a distância voltados para o turismo

Imagem de destaque
Desastres naturais

Fatores que levaram à tragédia no Rio Grande do Sul também estão presentes no Paraná

Imagem de destaque
'Ver a Cidade'

Alunos de Engenharia da Unioeste iniciam fiscalização remota de obras paralisadas

Imagem de destaque
Mulher está presa em Londrina

MPPR afirma que processo de mulher presa suspeita de matar a própria filha prosseguirá; ex-marido será julgado nesta quarta


O piloto teria entrado em contato com a torre de controle para aterrissar mas logo após o comunicado o avião teria perdido contato com os controladores de vôo.

Leia a matéria completa na edição desta quinta-feira da Folha de Londrina


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade