Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
HU de Maringá

Cama vertical vai facilitar serviço de parto humanizado

Redação Bonde
11 abr 2007 às 19:36
A cama possibilita a realização de partos na posição vertical - Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O Hospital Universitário de Maringá recebeu nesta quarta-feira (11), uma cama que possibilita a realização de partos na posição vertical. A gestante que opta pelo parto natural nesta posição fica praticamente "sentada" para dar a luz. A posição é uma variação do famoso parto de cócoras, no qual as mulheres também ficam na vertical. Segundo alguns médicos - defensores desse tipo de parto - a posição facilita o nascimento do bebê.

Trata-se de um equipamento que irá melhorar as condições da assistência ao parto humanizado oferecida pelo hospital desde 2002. A cama foi doada pela Prefeitura de Maringá utilizando parte dos R$ 50 mil relativos ao Prêmio Bibi Vogel, concedido ao município, em novembro de 2005, pelo Ministério da Saúde.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


O prêmio foi um reconhecimento do ministério aos municípios que desenvolveram ações de incentivo ao aleitamento materno. Maringá foi a única cidade do sul do país a ser premiada naquele ano.

Leia mais:

Imagem de destaque
Assembleia virtual

Professores da rede estadual aprovam greve para 3 de junho

Imagem de destaque
Norte Pioneiro

Donos de sítios são autuados em R$ 315 mil por destruição de vegetação de Mata Atlântica em Cambará

Imagem de destaque
Com 23%

Carlópolis é o maior produtor de café do Paraná

Imagem de destaque
Interdição temporária

Ponte na PR-450 entre Centenário do Sul e Porecatu será interditada para obras a partir de segunda

O superintendente do hospital, José Carlos Amador, agradeceu à prefeitura pelo "presente" e disse que a resposta do HU será dada na forma de um atendimento ainda mais digno e humano aos pacientes. O secretário de Saúde de Maringá, Antonio Carlos Nardi, lembrou que o parto humanizado traz benefícios para a mãe e principalmente para a criança.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade