Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
35 iniciativas

Cambé: Governo e prefeitura anunciam R$ 114 milhões em obras

Douglas Kuspiosz - Grupo Folha
23 mai 2024 às 14:54
- Geraldo Bubniak/AEN
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O governo do Estado e a Prefeitura de Cambé (Região Metropolitana de Londrina) anunciaram, nesta quinta-feira (23), um pacote de 35 obras, contemplando um montante de R$ 114 milhões, com contrapartida de R$ 57 milhões por parte do município. As medidas vão atender as áreas de infraestrutura, saúde, educação, esporte, cultura, segurança pública e saneamento básico.


Entre as obras estão o recape asfáltico da avenida José Bonifácio, com valor de R$ 4,5 milhões, a construção do CMEI (Centro Municipal de Educação Infantil) do Ana Rosa e da Escola Municipal Jardim Santa Isabel, com investimentos de R$ 3,1 milhões e R$ 4,1 milhões, respectivamente, e a reforma da Praça Getúlio Vargas, com R$ 2,8 milhões.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O pacote também prevê a construção do Viaduto Esperança, entre a avenida da Esperança e a BR-369, com custo estimado de R$ 25 milhões e que ainda aguarda aprovação do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes).

Leia mais:

Imagem de destaque
Fique atento!

Cambé emite alerta sobre golpe usando o nome da Vigilância Sanitária

Imagem de destaque
Sem danos

Abalo sísmico que atingiu Cambé tem magnitude 1,6 na Escala Richter

Imagem de destaque
2.176 vagas em Londrina

Agências do Trabalhador do Paraná começam a semana com 20,7 mil vagas

Imagem de destaque
Nada de cópia!

UEM investe em software para detectar e inibir plágio acadêmico


Em entrevista coletiva, o governador Ratinho Junior (PSD) afirmou que o Paraná tem mantido parcerias com as prefeituras e que Cambé “passou a ser uma das cidades mais importantes economicamente do estado”. Ele também reforçou que houve a entrega do projeto do Viaduto Esperança, mas a realização depende de autorização do governo federal.


“É uma BR, nós temos que pedir autorização para o governo federal, do Ministério da Infraestrutura [dos Transportes], para ceder a opção para que a gente possa fazer essa obra. Acho que não vamos ter problemas, mas isso leva um tempo”, declarou, dizendo que o orçamento para a obra já está pronto. “Estamos esperando a anuência do governo federal para que a gente possa licitar essa obra.”


LEIA MAIS NA FOLHA DE LONDRINA.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade