Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
No Paraná

Defesa Civil orienta municípios atingidos por temporais

Agência Estadual de Notícias
19 jun 2012 às 14:50
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) reuniu nesta terça-feira (19) representantes dos municípios atingidos por temporais no início do mês, com o objetivo de orientá-los sobre prazos e requisitos para receber recursos federais para recuperação dos danos. Participaram do encontro, realizado no miniauditório do Palácio das Araucárias, prefeitos e secretários de obras de Iretama, Pitanga, Nova Tebas e Manoel Ribas, que decretaram estado de emergência.

Segundo o chefe da divisão da Coordenadoria da Defesa Civil, tenente-coronel Edmilson Barros, os municípios foram orientados sobre a elaboração do Plano de Trabalho. "Esse documento tem que ser elaborado corretamente para que os municípios não percam os prazos determinados pelo Ministério da Integração para liberação de recursos emergenciais", explicou o coronel.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Entre outros aspectos, os municípios receberam orientações sobre o prazo correto para apresentação do projeto aos órgãos responsáveis e sobre os documentos e laudos que devem ser juntados à solicitação. Para a prefeita de Nova Tebas, Heloísa Ivaszek Jensen, a orientação técnica é fundamental para conseguir os benefícios. "Quando nós trabalhamos sozinhos, não sabemos exatamente o que a Defesa Civil e o Ministério da Integração exigem, nos âmbitos legal e técnico", disse a prefeita.

Leia mais:

Imagem de destaque
9 mil crianças na espera

Curitiba tem fila em creches como pauta eleitoral e judicialização por falta de vaga

Imagem de destaque
Carteira Assinada

Agências do Trabalhador do Paraná iniciam a semana com 24,1 mil vagas, maior número do ano

Imagem de destaque
Região Norte é mais afetada

Estiagem afeta desenvolvimento de trigo e quebra safra no Paraná

Imagem de destaque
Veja vídeo:

Dunga e a esposa sofrem acidente na BR-116 na região metropolitana de Curitiba


De acordo com balanço divulgado pela Defesa Civil, 14 cidades foram atingidas e 4.858 pessoas, afetadas pelas chuvas da primeira semana de junho.


PREVENÇÃO – O governo do Estado está elaborando o Plano Preventivo para Controle de Desastres, para preparar os organismos estaduais para eventuais desastres ambientais. Para formular o plano, foram três etapas de estudo: caracterização do cenário, o monitoramento dos efeitos climáticos pelo Simepar e a criação de um grupo de atenção para coordenar a sistemática operacional.

O plano é elaborado em conjunto pela Defesa Civil, Sanepar, Secretaria da Saúde, Copel, Corpo de Bombeiros, entre outras entidades e secretarias de Estado. A intenção é oferecer um documento que aperfeiçoe a logística de atendimento à população atingida em caso de desastre natural, informando quem tem condições de ajudar com o envio de veículos, donativos, água potável, caminhões, macas e outros suprimentos.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade