Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Greve dos instrutores

Detran fará mutirões para repor exames práticos

Redação Bonde com AEN
26 jun 2012 às 10:52
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A greve dos funcionários e instrutores de autoescolas, que começou na última quinta-feira (21) voltou, novamente, a impedir que alunos prestassem os exames práticos ara obter a Carteira Nacional de Habilitação. Na manhã desta segunda-feira (25), cerca de 300 alunos não conseguiram entrar nas sedes do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran PR), em Curitiba, localizadas nos bairros Tarumã e Hauer, por causa dos piquetes feitos pelos instrutores na frente dos prédios.

A entrada só voltou ao normal na parte da tarde, depois que a juíza Rosselini Carneiro, da 2.ª Vara de Fazenda Pública, concedeu liminar para liberação dos portões e vias de acesso aos prédios do órgão público , estabelecendo multa diária de R$ 5 mil em caso de descumprimento da determinação. Após a liberação do pátio, alguns alunos que perderam as provas pela manhã puderam realizá-las à tarde.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


No primeiro dia de paralisação,dos 637 exames agendados, apenas 85 foram realizados. Por conta dessa situação, a partir desta semana, o Detran vai ampliar o horário dos exames práticos em duas horas, com objetivo de atender os 800 candidatos que não conseguiram realizar os exames práticos marcados. O departamento estuda ainda a possibilidade de fazer mutirões aos sábados, até que a situação seja normalizada.

Leia mais:

Imagem de destaque
Decisão do TCE

Ex-servidores de Bandeirantes deverão restituir R$ 11,5 milhões desviados

Imagem de destaque
Agroturismo

Em dois anos, Rota da Lavanda recebeu 152 mil turistas e movimentou R$ 7 milhões

Imagem de destaque
Veja os locais!

Paraná tem mais de 7.100 quilombolas morando em 68 localidades

Imagem de destaque
2.804 vagas em Londrina

Agências do Trabalhador do Paraná começam a semana com quase 22 mil vagas


Os alunos considerados ausentes nos dias 21, 22 e 25 terão prioridade no agendamento de novos exames, mas não terão suas taxas de recolhimento ressarcidas. "Eles devem procurar o Centro de Formação de Condutor (CFC) para agendar horário conforme possibilidade da empresa em fornecer carro e instrutor e para questões referentes à taxa de reteste", informa nota do Detran.


Segundo o Detran, nas demais cidades do Paraná, como Londrina, Maringá e Colombo, as manifestações não prejudicaram os testes e foram pacificas.

O Sindicato dos Trabalhadores em Autoescolas e Despachantes de Veículos do Estado (Sintradesp/PR) reivindica 30% de reajuste salarial, e a contraproposta do sindicatoi patronal foi de 8%, índice rejeitado pela categoria.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade