Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Terceiro no ranking

Paraná gerou 60 mil novos empregos no primeiro semestre

Redação - Bonde
23 jul 2003 às 10:59
Continua depois da publicidade

O Paraná gerou 60.048 empregos formais nos primeiro semestre do ano, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pelo Ministério do Trabalho.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

O resultado já ultrapassa o dos últimos 12 meses (59.925) e coloca o Estado como um dos três líderes no país na criação de novos postos de trabalho com carteira assinada. Junto com o Paraná, os destaques ficaram com São Paulo (251.975) e Minas Gerais (109.814).

Continua depois da publicidade


"É um resultado muito positivo, pois representa que o Paraná está gerando uma média de 333 empregos por dia", comemora o governador Roberto Requião. Ainda segundo o Ministério do Trabalho, a pesquisa baseada no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), a taxa de crescimento do número de empregos formais do Paraná no período ficou em 3,99%, enquanto a média nacional é de 2,51%.


Enquanto o Paraná gerou 60.048 novos empregos formais no semestre, os nove Estados do Nordeste juntos perderam 27.951 postos de trabalho. Já os sete Estados do Norte juntos geraram apenas 14.638 vagas. O pior desempenho no semestre ficou com Alagoas, que perdeu 24.069 empregos.


Para o governador Roberto Requião, o resultado do Paraná pode melhorar ainda mais. "Com as medidas fiscais, como a isenção do ICMS para as microempresas e a redução do imposto para as pequenas empresas esperamos recuperar a perda dos últimos anos", prevê.

Continua depois da publicidade


Dos 60 mil novos empregos formais criados no primeiro semestre de 2003 no Paraná, 20.097 ficaram com a indústria de transformação, com destaque para o setor de alimentos, que gerou 11.900 novos postos de trabalho. A agricultura criou 18.096 empregos, seguida do setor de serviços (12.862) e do comércio (9.753).

Informações da Agência Estadual de Notícias


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade