Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Turismo

Parque de Vila Velha é reaberto em Ponta Grossa

Redação - Bonde
12 jan 2004 às 20:06
As ações de preservação será custeadas com ingresso para visitação.Estudantes, idosos e pessoas da região de Ponta Grossa têm desconto - Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O governador Roberto Requião reabriu nesta segunda-feira o Parque Estadual de Vila Velha. A abertura do parque prevê o limite diário de 800 visitantes que terão, inicialmente, acesso somente aos arenitos e à Lagoa Dourada. Furnas estará disponível para visitação dentro de 30 dias, após ordenamento do uso do teleférico e reestruturação da parte administrativa.

Segundo a Agência Estadual de Notícias (AEN) o período inicial será analisado e poderá servir de parâmetro para a alteração no limite de visitantes. O novo conceito de visitação também será avaliado antes da abertura completa, que ocorre com a liberação da área de Furnas.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Com recursos oriundos de multas aplicadas por infrações ambientais, através do Fundo Estadual do Meio Ambiente (Fema), o Governo do Paraná realizou um plano de revitalização para dotar o parque de infra-estrutura adequada para visitação pública e restabelecer o seu equilíbrio ecológico.

Leia mais:

Imagem de destaque
Saiba como denunciar

PR reforça os canais para denúncias de violência contra crianças e adolescentes

Imagem de destaque
Nova resolução

Detran-PR suspende aplicação de multa automática por não realização de exame toxicológico

Imagem de destaque
Força-tarefa

Paraná vai mandar novos bombeiros com cães de busca e resgate para o RS

Imagem de destaque
Londrina está em 14º no PR

Apesar da redução na taxa de analfabetismo, Paraná tem o pior índice no Sul do País


Segundo a assessoria de imprensa, Vila Velha tem, além da notoriedade geológica de seus arenitos, uma importância ecológica significativa para os ecossistemas da região dos Campos Gerais. Em seus limites estão preservados capões com mata de araucária e campos nativos. Fora dos limites do Parque, encontram-se ecossistemas similares aos protegidos pela unidade de conservação, porém com seus ambientes já degradados ou parcialmente alterados.

As ações de preservação será custeadas com ingresso para visitação. Estudantes, idosos e pessoas naturais ou residentes na região de Ponta Grossa têm desconto no valor da entrada.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade