Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade

Projeto propõe anistia para mutuários do SFH

Redação - Bonde
14 jan 2004 às 07:40
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Será reapresentado ao Senado até a sexta-feira (16) um projeto da Comissão do Movimento Nacional dos Mutuários do Sistema Financeiro de Habitação que propõe a anistia das dívidas de pessoas que já pagaram pelo menos 156 parcelas do financiamento de casas próprias.

A comissão estima que cerca de 100 mil mutuários estejam em tal situação no Paraná, sendo 12 mil de Londrina, com dívidas que podem somar até R$ 5 bilhões. A data para reapresentação do projeto foi escolhida por sua representatividade, pois contratos de 15 anos firmados após a extinção do Fundo de Compensação de Variações Salariais (FCVS), em 1988, vencem este ano.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O coordenador nacional da comissão, Adevanil Generoso, já havia encaminhado o projeto em 2002. ''Esperamos que agora ele tenha mais repercussão por causa da data e contamos com o apoio de várias lideranças políticas de Londrina'', diz.

Leia mais:

Imagem de destaque
1.898 vagas em Londrina

Agências do Trabalhador do Paraná têm 19,5 mil vagas disponíveis

Imagem de destaque
Região

Colisão de caminhonete, duas motos e carro deixa um morto e dois feridos em Rondon

Imagem de destaque
Noroeste

Motociclista morre em colisão frontal contra carro em Cruzeiro do Oeste

Imagem de destaque
Noroeste

Colisão frontal de caminhonete e motocicleta deixa um morto em Araruna


O fim do FCVS foi determinado pelo Planalto em 1988 pois acreditava-se que não haveriam mais distorções nos índices para recálculo das dívidas. Até então, contratos estabelecidos com a cobertura do fundo tinham a garantia de pagamento dos resíduos por parte do FCVS.

Leia a matéria completa na edição desta quarta da Folha de Londrina


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade