Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Agroindústria

Saúde motiva 72% das compras de alimentos orgânicos

Redação Bonde
13 nov 2006 às 17:52
Pesquisa revela que legumes são os alimentos orgânicos mais produzidos pelos agricultores - Arquivo Folha
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Nem a preocupação com o meio ambiente, nem o sabor. A saúde é o motivo que leva 72% dos consumidores de produtos orgânicos de Curitiba a optar por alimentos livres de agrotóxicos na hora da compra. A constatação faz parte de uma pesquisa da Prefeitura de Curitiba junto a consumidores de produtos orgânicos da capital e produtores rurais da Região Metropolitana.

O diagnóstico da produção e comercialização orgânica, feito em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário, servirá para o planejamento do Mercado Permanente de Produtos Orgânicos de Curitiba, que começará a ser construído até o fim do ano. "Queremos uma base sólida de informações para diminuir ao máximo as chances de erros", explica o secretário Municipal do Abastecimento, Norberto Ortigara.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A pesquisa, em que foram ouvidos 600 produtores e consumidores, revelou que o potencial de crescimento do mercado está na classe média, que representa apenas 19% dos consumidores orgânicos. Atualmente, a maioria dos consumidores - 71% - é de classe econômica mais favorecida. "O consumidor de renda mais alta já está convencido. Agora é a vez de investir no médio consumidor, que em Curitiba e Região Metropolitana são mais de 1 milhão de pessoas", diz o diretor de Unidades Comerciais da Secretaria, Luiz Gusi.

Leia mais:

Imagem de destaque
Primeiros convocados

Resultado de concurso para Quadro Próprio do Governo do Paraná é divulgado

Imagem de destaque
Meteoro diurno

Meteoro corta o céu de Maringá durante o dia em evento raro; assista

Imagem de destaque
Santo casamenteiro

Santo Antônio da Platina comemora padroeiro com bolo de 45 metros

Imagem de destaque
Várias ações

Operação em Londrina e outros municípios marca adesão do Paraná ao calendário nacional da Lei Seca no trânsito


A pesquisa também mostra que 64% das pessoas que compram orgânicos são mulheres, 35% têm mais de 50 anos e 68% possuem nível superior. Todo este público demonstrou insatisfação quanto à variedade de produtos existentes no mercado. Carnes, leites e derivados são alimentos ainda em falta quando se trata de orgânicos, de acordo com a pesquisa.


Produtores - A pesquisa revela que legumes - 76% - são os alimentos orgânicos mais produzidos pelos agricultores, que têm nas feiras da capital o principal canal de comercialização - 53%. Entre os pontos de vendas, os supermercados aparecem com 1,8%. O boca-a-boca é a principal estratégia de marketing para 32% dos agricultores. "O produtor precisa dar mais visibilidade ao seu produto", afirma Luiz Gusi.

Um exemplo de como a estratégia de marketing pode colaborar com a agroindústria parte da empresa catarinense Fazenda & Casa. A partir dos contatos feitos no Cenário Orgânico, evento organizado pela Prefeitura de Curitiba em maio deste ano, a Fazenda & Casa entrou no mercado norte-americano e já engata seu terceiro lote de exportação de produtos orgânicos. "O sucesso foi tanto que já estamos abandonando os produtos convencionais para dar exclusividade aos orgânicos", comemora o empresário Leandro Dalfovo.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade