Pesquisar

Canais

Serviços

Reprodução/Pixabay
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Medida não foi estabelecida

Secretários estaduais do Paraná recebem ameaças por suposta obrigatoriedade de vacinação em crianças

Vitor Struck - Grupo Folha
01 nov 2021 às 17:33
Continua depois da publicidade

Os secretários estaduais da Saúde, Beto Preto, e da Educação e do Esporte, Renato Feder, fazem parte do "grupo" de ameaçados por meio de um e-mail direcionado à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e recebido na manhã de quinta-feira (28).  

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Cinco diretores do órgão também foram ameaçados. O autor da mensagem, cujo conteúdo foi divulgado pela imprensa, diz que quem atentar contra a saúde dos seus filhos será "morto". 

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


A alusão feita neste trecho foi à suposta obrigatoriedade de vacinação contra a Covid-19 para a efetivação da matrícula escolar no estado, o que, pelo menos por enquanto, não ficou estabelecido pela Sesa. 


O e-mail com a ameaça foi enviado no dia seguinte à farmacêutica Pfizer informar que pedirá a autorização da Anvisa para o uso de suas vacinas em crianças entre 5 e 11 anos. 


A FOLHA entrou em contato com as assessorias dos secretários, que disseram terem ficado sabendo do conteúdo da mensagem por meio da imprensa e que ainda analisam quais seriam as medidas cabíveis.

Continua depois da publicidade


Entretanto, a própria Anvisa acionou a Polícia Federal e o Ministério Público, e remeteu ofícios ao STF (Supremo Tribunal Federal), Ministério da Justiça e os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado relatando o fato.  


Continue lendo em Folha de Londrina


Continue lendo